Cronologia do Período Entreguerras

Vamos explicar o que foi o Período Entreguerras, quais foram os acontecimentos mais importantes e a sua ordem cronológica.

Os tratados do Período Entreguerras desencadearam ressentimentos e conflitos.

O que foi o Período Entreguerras?

O Período Entreguerras foi o período de vinte anos entre o final da Primeira Guerra Mundial (1914–1918) e o início da Segunda Guerra Mundial (1939–1945). Trata-se de uma época iniciada com negociações de paz e reparações de guerra (como o Tratado de Versalhes) e os esforços de reconstrução nos países europeus devastados pela guerra.

A posição internacional dos Estados Unidos reforçou-se graças à sua capacidade industrial e ao seu papel de credor das nações europeias, enquanto a economia na Europa se recuperou apenas a partir de 1925. O auge do consumo de massas na década de 1920, que recebeu o nome de “,"anos loucos”,", culminou em 1929 com o crack da Bolsa de Nova York que deu origem à Grande Depressão, uma crise mundial que abrangeu a maior parte da década de 1930.

Devido às atrocidades da Primeira Guerra Mundial, os ressentimentos decorrentes dos tratados e reparações do pós-guerra, e a subsequente crise da década de trinta, cresceram na Europa a adesão ao comunismo (inspirada no triunfo da Revolução Bolchevique na Rússia em 1917) e os movimentos nacionalistas que deram origem ao fascismo na Itália (que chegou ao poder em 1922) e ao nazismo na Alemanha (que chegou ao poder em 1933).

No Período Entreguerras, realizaram-se alianças e implementaram-se políticas de rearmamento que traçaram o caminho para a Segunda Guerra Mundial. O estouro da Guerra Civil Espanhola (19361939), que enfrentou aos republicanos (que receberam o apoio militar da União Soviética) e aos nacionalistas (que receberam o apoio militar da Alemanha nazista e da Itália fascista), serviu às forças do Eixo Roma-Berlim para testar as táticas e armamentos que logo utilizaram na contenda mundial.

Perguntas frequentes

O que foi o Período Entreguerras?

Foi um lapso de quase 21 anos entre as duas maiores guerras do século XX: a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial.

Quando iniciou e quando terminou o Período Entreguerras?

Transcorreu entre o final da Primeira Guerra Mundial (1914–1918) e o início da Segunda Guerra Mundial (1939–1945).

Quais foram os acontecimentos mais importantes do Período Entreguerras?

Os acontecimentos mais importantes foram:

  • Tratado de Versalhes (1919). Foi um acordo que significou o final da Primeira Guerra Mundial, e lançou as bases da Segunda Guerra Mundial devido às duras condições que impôs à Alemanha.
  • Surgimento de movimentos socialistas e fascistas. Os movimentos socialistas e partidos totalitários e fascistas (como o de Benito Mussolini na Itália e o de Adolf Hitler na Alemanha) expandiram-se em diferentes partes do mundo. Adquiriram poder, especialmente, diante das crises econômicas e das políticas das democracias liberais.
  • Grande Depressão (1929). Foi uma grande crise financeira iniciada nos Estados Unidos, que teve alcance mundial e perdurou durante toda a década de 1930.

Cronologia do Período Entreguerras

Do Tratado de Versalhes ao crack da Bolsa de Nova York (1919–1929)

1919

  • Junho. Após o armistício que marca o final da Primeira Guerra Mundial (11 de novembro de 1918), foi assinado o Tratado de Versalhes entre os Aliados e a Alemanha (28 de junho de 1919), que entra em vigor em janeiro de 1920. O tratado impõe reparações de guerra à Alemanha e funda a Liga das Nações. Posteriormente, os Aliados assinam tratados com a Áustria (Tratado de Saint Germain, 1919), Bulgária (Tratado de Neuilly, 1919), Hungria (Tratado de Trianon, 1920) e Turquia (Tratado de Sèvres, 1920; Tratado de Lausanne, 1923).

1920

  • Janeiro. Começa a Lei Seca nos Estados Unidos (vigente até 1933), que proíbe a produção e comercialização de bebidas alcoólicas.
  • Março. O Senado dos Estados Unidos rejeita a assinatura do Tratado de Versalhes e a adesão dos Estados Unidos à Sociedade das Nações.
  • Abril. Começa a Guerra Russo-Polonesa, com a ofensiva polonesa sobre os territórios da Ucrânia sob controle soviético. A guerra termina com o Tratado de Riga em março de 1921, com um acordo sobre limites territoriais.

1921

  • Fevereiro. Assina-se uma aliança entre a França e a Polônia, diante das possíveis ameaças futuras da Alemanha ou da Rússia bolchevique.
  • Março. O governo bolchevique adota a NEP (Nova Política Econômica), orientada a uma economia mista privada-estatal.

1922

  • Fevereiro. A Conferência de Washington leva à assinatura de três tratados sobre o Pacífico e a Ásia oriental, com a intenção de limitar o armamento naval na região: o Tratado das 4 potências (Estados Unidos, Reino Unido, França e Japão), o Tratado das 5 potências (acrescenta-se a Itália) e o Tratado das 9 Potências (Bélgica, China, Países Baixos e Portugal). Além disso, o Reino Unido concede independência política ao Egito (que deixou de ser um protectorado britânico).
  • Abril. É assinado o Tratado de Rapallo entre a Alemanha e a União Soviética, que estabelece relações diplomáticas e econômicas entre ambos os Estados.
  • Agosto. Forma-se a Pequena Entente entre a Tchecoslováquia, o Reino dos Sérvios, croatas e eslovenos (depois Iugoslávia) e a Romênia, como uma aliança defensiva frente a possíveis ameaças do Reino da Hungria.
  • Outubro. A Marcha sobre Roma outorga o poder a Benito Mussolini (fundador do Partido Nacional Fascista) na Itália.
  • Novembro. Descobre-se o túmulo de Tutankhamon no Egito, que desperta o interesse mundial pelo antigo Egito e as lendas sobre a maldição do faraó.

1923

  • Janeiro. Tropas francesas e belgas ocupam a região do Ruhr, na Alemanha, devido à incapacidade da República de Weimar (governo alemão) de pagar as indenizações econômicas pela Segunda Guerra Mundial. Começa uma campanha de resistência passiva da população alemã.
  • Setembro. Termina a resistência passiva alemã no Ruhr.
  • Outubro. Com a estreia do musical Runnin' Wild na Broadway, começa a se popularizar a dança charleston, que caracteriza os “anos loucos”. Na Turquia proclama-se a república, presidida pelo líder nacionalista Kemal Atatürk.
  • Novembro. A hiperinflação na Alemanha atinge o seu pico, antes de uma recuperação econômica com a introdução de uma nova moeda (o rentenmark). O Partido Nacional-Socialista Operário Alemão liderado por Adolf Hitler dá um golpe de Estado fracassado em Munique (o “Putsch de Munique”).

1924

  • Janeiro. Com a morte de Lenin, Josef Stalin torna-se o líder máximo da União Soviética.
  • Abril. O Plano Dawes é aprovado, supervisionado pelo governo dos Estados Unidos, para reduzir o encargo de indenização à Alemanha e garantir seus pagamentos às nações vencedoras.

1925

  • Março. O inventor escocês John Logie Baird realiza a primeira demonstração de transmissão de imagens através de uma tela de televisão.
  • Agosto. França e Bélgica retiram suas tropas do Ruhr.
  • Outubro. Assinam-se os Tratados de Locarno, pelos quais a Alemanha, a França e a Bélgica concordam em não atacar militarmente, e a Alemanha aceita as suas fronteiras ocidentais estabelecidas no Tratado de Versalhes.

1926

  • Setembro. A Alemanha ingressa na Sociedade das Nações.

1927

  • Maio. O aviador americano Charles Lindbergh realiza o primeiro voo transatlântico sozinho e sem escalas.
  • Outubro. Estreia nos Estados Unidos O cantor de jazz, o primeiro filme sonoro que marca o fim da era do cinema mudo.

1928

  • Agosto. Quinze países assinam o Pacto Briand-Kellogg, pelo qual se comprometem a não usar a guerra para resolver as suas disputas (depois se aderem mais países).
  • Setembro. O médico escocês Alexander Fleming descobre a penicilina.
  • Outubro. Stalin inicia a implementação do Primeiro Plano Quinquenal na União Soviética, um processo de industrialização acelerado baseado na coletivização agrícola forçada.

1929

  • Fevereiro. Assinam-se os Pactos de Latrão entre a Itália e o papado, que reconhecem a independência do Vaticano como estado soberano. Em Chicago (Estados Unidos) ocorre o Massacre do Dia de São Valentim, um evento supostamente ordenado pelo gângster Al Capone.
  • Setembro. Aristide Briand, presidente da França, propõe uma União Federal Europeia.
  • Outubro. A queda da Bolsa de Nova York desencadeia a Grande Depressão, que afeta a maior parte do mundo durante a década de 1930.

Da Grande Depressão à eclosão da Segunda Guerra Mundial (1930-1939)

1930

  • Novembro e dezembro. Uma corrida bancária afeta muitos bancos americanos, o que agrava a crise financeira.

1931

  • Abril. Proclama-se a Segunda República espanhola. O rei deposto, Alfonso XIII, foge da Espanha.
  • Setembro. Ocorre a invasão japonesa da Manchúria.

1932

  • Outubro. O Iraque consegue a independência do Reino Unido.

1933

  • Janeiro. Adolf Hitler é nomeado chanceler da Alemanha.
  • Março. Assume a presidência dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt, que implementa um plano de medidas (“New Deal”) para fomentar a recuperação econômica e superar a Grande Depressão. Por outro lado, o Japão abandona a Liga das Nações.
  • Outubro. A Alemanha abandona a Liga das Nações e reforça sua política de rearmamento.

1934

  • Fevereiro. A Romênia, a Grécia, a Turquia e a Iugoslávia assinam o Pacto dos Balcãs para garantir as suas fronteiras.
  • Setembro. A União Soviética ingressa na Liga das Nações.

1935

  • Março. Hitler restabelece o serviço militar obrigatório na Alemanha.
  • Abril. A Conferência de Stresa entre o Reino Unido, a França e a Itália acorda em reafirmar os princípios do Tratado de Versalhes e o Tratado de Locarno diante do rearmamento alemão.
  • Junho. O Reino Unido e a Alemanha assinam o acordo naval anglo-alemão que aceita o rearmamento naval alemão, mas com restrições, o que viola os princípios do Tratado de Versalhes.
  • Outubro. Produz-se a invasão italiana da Etiópia (Abissínia), que é condenada pelo Reino Unido e pela França e leva à ruptura do acordo da Conferência de Stresa.

1936

  • Março. Hitler remilitariza a Renânia, zona limítrofe com a França e a Bélgica, o que viola um dos pontos do Tratado de Versalhes.
  • Julho. Deflagra a Guerra Civil Espanhola após a insurreição militar contra a Segunda República. O general Francisco Franco passa a ser chefe do Estado nas regiões controladas pelos rebeldes.
  • Agosto. Quase trinta governos europeus subscrevem o Pacto de Não Intervenção, que consiste em não apoiar nenhum dos dois lados da Guerra Civil Espanhola. Na prática, o lado nacionalista recebe o apoio militar da Alemanha, Itália e Portugal, e o lado republicano recebe o apoio militar da União Soviética.
  • Novembro. Forma-se o Eixo Roma-Berlim (depois do pacto de amizade assinado em outubro entre a Itália de Mussolini e a Alemanha de Hitler), e se assina o Pacto Antikomintern entre a Alemanha e o Império do Japão.

1937

  • Abril. Os aviões da Legião Condor alemã e da Aviação Legionária italiana participam do bombardeio na cidade de Guernica, como parte de seu apoio ao grupo nacionalista de Francisco Franco na Guerra Civil Espanhola.
  • Julho. Começa a Guerra Sino-Japonesa, com a invasão japonesa de regiões da China.
  • Novembro. Há uma reunião de Hitler com seus principais conselheiros, conhecida pelo Memorando de Hossbach, na qual se manifestam as intenções de Hitler de se expandir para o leste. Além disso, a Itália adere ao Pacto Antikomintern.
  • Dezembro. A Itália abandona a Liga das Nações.

1938

  • Março. A Alemanha anexa a Áustria (Anschluss).
  • Setembro. É assinado o Pacto de Munique entre a Alemanha, o Reino Unido, a França e a Itália, que aprova a ocupação alemã dos Sudetas (que faziam parte da Tchecoslováquia).
  • Novembro. Ocorre a “noite dos vidros quebrados” (atos de violência perpetrados pelos nazistas contra os judeus da Alemanha).

1939

  • Março. A Alemanha ocupa a Tchecoslováquia. A França e o Reino Unido garantem à Polônia o seu apoio em caso de ataque alemão.
  • Abril. Termina a Guerra Civil Espanhola com o triunfo dos nacionalistas. A Espanha de Franco se une ao Pacto Antikomintern. Por outro lado, a Itália invade a Albânia e anexa-a.
  • Maio. A Alemanha e a Itália assinam o Pacto de Aço, que garante a aliança política e militar.
  • Agosto. É assinado o Pacto de Não Agressão germano-soviético, que permite posteriormente a repartição da Polônia entre as forças invasoras da Alemanha nazista e a União Soviética.
  • 1° de setembro. A Alemanha invade a Polônia.
  • 3 de setembro. A França e o Reino Unido declaram guerra à Alemanha.

Referências

  • Britannica, Encyclopaedia (2022). Nazism. Encyclopedia Britannica. https://www.britannica.com/ 
  • Britannica, Encyclopaedia (2020). Stalinism. Encyclopedia Britannica. https://www.britannica.com/ 
  • Britannica, Encyclopaedia (2022). Weimar Republic. Encyclopedia Britannica. https://www.britannica.com/ 
  • Cabrera, M., Juliá, S. & Martín Aceña, P. (comps.) (1991). Europa en crisis. 1919-1939. Editorial Pablo Iglesias.
  • Sevillano Calero, F. (2020). La Europa de entreguerras. El orden trastocado. Síntesis.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

GAYUBAS, Augusto. Cronologia do Período Entreguerras. Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/cronologia-do-periodo-entreguerras/. Acesso em: 15 abril, 2024.

Sobre o autor

Autor: Augusto Gayubas

Doutor em História (Universidad de Buenos Aires)

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 30 janeiro, 2024
Data de publicação: 10 outubro, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)