Reino Unido

Vamos explicar tudo sobre o Reino Unido e suas características físicas e culturais. Além disso, como é a economia, a religião e a história deste país.

Reino Unido
O Reino Unido é composto pela Escócia, País de Gales, Inglaterra e Irlanda do Norte.

Reino Unido

O Reino Unido é um país soberano composto por quatro nações cujo nome oficial é o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. É composto pela Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte. É o 11º maior país da Europa e o quarto mais populoso. É constituído territorialmente por um grupo de ilhas situadas ao norte da França, ao leste da Irlanda e ao oeste dos Países Baixos e da Dinamarca.

Sua forma de governo é a monarquia constitucional e sua capital é a cidade de Londres, capital da Inglaterra. Além disso, tem descentralizada a administração das outras nações nas suas respectivas capitais: Edimburgo (Escócia), Cardiff (País de Gales) e Belfast (Irlanda do Norte).

Geograficamente, ocupa a ilha da Grã-Bretanha e parte da ilha da Irlanda, além de pequenas ilhas vizinhas. Além disso, conta com 14 territórios ultramarinos distribuídos por todo o planeta.

Em função do desenvolvimento produtivo e do seu produto interno bruto (PIB), o Reino Unido é considerado a quinta economia do mundo.

Características do Reino Unido

Algumas características do país são:

  • Sua população é de 67 milhões e 100 mil habitantes.
  • A sua superfície é de 243 600 km2, o que representa uma densidade populacional de 275 habitantes por quilômetro quadrado.
  • É composto por quatro nações: Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte.
  • Sua capital é a cidade de Londres.
  • O clima predominante é o temperado oceânico.
  • O sul do país tem um relevo plano, enquanto o norte é mais montanhoso.
  • Os rios mais importantes são o Severn e o Tâmisa.
  • Sua língua oficial é o inglês, e a maioria da população é cristã protestante.
  • Deixou de participar na União Europeia em 2020.
  • Sua moeda oficial é a libra esterlina.

Extensão territorial, população e capital do Reino Unido

O Reino Unido é composto por quatro nações:

  • Inglaterra. Abrange 57% da superfície da ilha da Grã-Bretanha. Sua capital é Londres, que também é a capital do Reino Unido.
  • Escócia. Está localizada na parte norte da ilha da Grã-Bretanha e cobre um terço da sua superfície. Ela também tem quase 800 ilhas. Sua capital é a cidade de Edimburgo.
  • País de Gales. Ocupa uma península situada na parte ocidental da ilha e ocupa cerca de 9% da sua superfície. Sua capital é a cidade de Cardiff.
  • Irlanda do Norte. Ocupa a parte nordeste da ilha da Irlanda e representa 30% do território da ilha. Sua capital é Belfast.

O Reino Unido tem uma extensão de 243 mil e 600 quilômetros quadrados, tem uma população de 67 milhões e 100 mil habitantes, e uma densidade populacional de 275 habitantes por quilômetro quadrado.

Londres, a capital do Reino Unido e da Inglaterra, é a maior cidade da Grã-Bretanha e a terceira maior da Europa, depois de Istambul e Moscou. Foi fundada pelos romanos há quase dois mil anos, sobre ambas as margens do rio Tâmisa. Entre 1831 e 1925 foi a maior cidade do mundo. Atualmente é governada por um prefeito e uma assembleia local.

Embora sua língua oficial seja o inglês como em todo o Reino Unido, esta cidade abriga cidadãos originários de tantos lugares diferentes do mundo que nela se falam mais de trezentos idiomas diferentes. Tem uma população de 9 milhões de habitantes, e sua área metropolitana supera os 14 milhões, o que representa 20,8% do total do país.

Outras cidades importantes do Reino Unido são Birmingham e Leeds, na Inglaterra, e Glasgow, na Escócia.

Clima, relevo e hidrografia do Reino Unido

Reino Unido
No Reino Unido, o clima ameno é propício à abundância de carvalhos, freixos, faias e pinheiros.

O clima predominante no Reino Unido é o clima temperado do oceano. É muito úmido e se caracteriza por invernos frios, verões frescos e precipitações abundantes durante todo o ano. É um clima característico da zona, pelo que também é conhecido como “temperado britânico”.

Quanto ao relevo, no sul da ilha da Grã-Bretanha predomina a planície, especialmente no território da Inglaterra. Para o oeste e o norte, o relevo se torna mais elevado, e aparecem cadeias montanhosas como as Highlands na Escócia, onde se encontra o Monte Ben Nevis, o mais alto do país, com 1343 metros de altura.

A hidrografia do Reino Unido se caracteriza pela presença de rios curtos, mas caudalosos. O rio mais extenso, com 354 quilômetros de comprimento, é o rio Severn, que deságua no oceano Atlântico. O segundo maior, mas o mais importante do país é o rio Tâmisa, que atravessa a cidade de Londres e deságua no mar do Norte.

No que diz respeito à flora e à fauna, devido ao seu clima predominantemente temperado e às precipitações frequentes, no Reino Unido existem muitas árvores, como o carvalho, o freixo, a faia e o pinheiro. Para o norte, o clima se torna um pouco mais frio e por isso predominam os bosques de coníferas. Pelo contrário, no sul ligeiramente mais quente, podem ser encontradas florestas caducifólias. Os mamíferos mais abundantes são zorrilhos, coelhos, veados e raposas.

Cultura do Reino Unido

Queen é uma das bandas de rock inglesas mais importantes da história.

A língua predominante é o inglês, que é falado em todo o país, mas existem outras línguas importantes no Reino Unido, como o galês, no País de Gales, o gaélico escocês, na Escócia e o irlandês, na Irlanda do Norte.

Quanto à religião, a maioria da população do Reino Unido se identifica como cristã, e a Igreja Anglicana é a mais importante. No entanto, há também uma diversidade de crenças religiosas no país, como o catolicismo, o hinduísmo e o judaísmo.

Entre os ritmos musicais mais importantes da cultura do Reino Unido estão o rock, o pop, o punk e o heavy metal. Alguns dos expoentes mais influentes incluem bandas e artistas como The Beatles, Rolling Stones, Queen, Pink Floyd, David Bowie, Elton John, Adele e Amy Winehouse.

No domínio da literatura, o Reino Unido produziu alguns dos escritores mais influentes da história. Entre as referências mais importantes estão Virginia Woolf, Jane Austen, Emily Brontë, Agatha Christie, William Shakespeare, Charles Dickens, George Orwell e J.R.R.R. Tolkien.

No campo da pintura, o Reino Unido também viu grandes artistas emergirem. Alguns dos mais referentes são William Turner, John Constable, Bridget Riley, Barbara Hepworth e David Hockney.

Quanto à gastronomia, um dos pratos mais emblemáticos do Reino Unido é o fish and chips (peixe e batatas fritas), que consiste em peixe-frito com batatas fritas. Nas zonas costeiras são produzidos muitos produtos à base de peixe. Em todo o Reino Unido, o consumo de chá também é uma tradição.

Símbolos patrióticos do Reino Unido

Reino Unido
A Bandeira do Reino Unido é conhecida como Union Jack.

Os símbolos patrióticos do país são:

  • A Bandeira. Comumente conhecida como Union Jack, o seu desenho consiste em uma combinação das cruzes de São Jorge (patrono da Inglaterra), Santo André (patrono da Escócia) e São Patrício (patrono da Irlanda do Norte). É composto por um fundo azul marinho e cruzes brancas e vermelhas.
  • O Hino Nacional. É conhecido como “God Save the King” (Deus Salve o Rei). A música do hino foi composta por Georg Friedrich Handel, e a letra é atribuída a Henry Carey.
  • O Brasão de Armas. Em seu desenho são incorporados os símbolos da Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte. O brasão é composto por quatro quartéis. O primeiro e o quarto quartéis mostram os três leões de ouro sobre o fundo vermelho, símbolo da Inglaterra. O segundo quartel mostra um leão de ouro sobre o fundo azul, representativo da Escócia. O terceiro quartel mostra uma harpa de prata sobre o fundo azul, símbolo da Irlanda do Norte. Na parte superior do brasão se encontra uma coroa real, que simboliza a realeza.

Atividades econômicas do Reino Unido

O Reino Unido é a quinta maior economia do mundo e a segunda maior da Europa, depois da Alemanha.

As suas principais atividades são:

  • Agricultura e pecuária. É um dos principais produtores mundiais de trigo, cevada, batata, aveia e beterraba. No que diz respeito à pecuária, é o quarto produtor mundial de lã.
  • Indústria. Seu setor industrial é considerado um dos mais importantes do mundo. Destaca-se a produção de alimentos e bebidas, a indústria automotiva, a de artigos eletrônicos e a do aço.
  • Serviços. É o setor mais importante da economia, especialmente os serviços financeiros.
  • Turismo. Recebe quase 40 milhões de turistas por ano provenientes de todas as partes do mundo. É o oitavo país mais visitado do planeta.

Seus principais parceiros comerciais são a Alemanha, Estados Unidos, China, Holanda e França. Sua moeda é a libra esterlina.

Em 2016, realizou-se um referendo que consultou a população do Reino Unido sobre a possibilidade de abandonar a União Europeia e 51,9% votaram a favor da decisão de se separarem. Por esta razão, o Reino Unido deixou de fazer parte da União Europeia em 1° de fevereiro de 2020, deixando de participar na tomada de decisões políticas e econômicas do bloco e também não mantendo o euro como sua moeda oficial. Este processo de separação do Reino Unido da União Europeia recebeu o nome de brexit, um acrônimo entre dois termos do inglês: britain (Grã-Bretanha) e exit (saída).

História do Reino Unido

O Reino da Grã-Bretanha (o primeiro precedente do Reino Unido) foi fundado com base em um acordo celebrado entre o Reino de Inglaterra (que ocupava o País de Gales desde o século XIII) e o Reino da Escócia, em 1° de maio de 1707.

Durante todo o século XVII, ambos os países tentaram criar leis que permitissem consumar uma união social, econômica e cultural que se dava nos fatos há anos.

No ato de 1707, os católicos foram excluídos do trono, uma vez que a Inglaterra era uma nação protestante. A Escócia também estava interessada na união para poder beneficiar de subsídios ingleses para se recuperar de uma crise econômica e facilitar o comércio.

O Reino Unido foi fundado com o Acordo de União de 1800, que formalizou a união entre o Reino da Grã-Bretanha e o Reino da Irlanda.

Durante séculos, a Irlanda foi ocupada pelos ingleses, mas em 1782 obteve a sua independência. No entanto, 18 anos mais tarde, o parlamento irlandês aprovou o Acordo da União.

Ao contrário das épocas de ocupação, o Acordo da União oferecia aos irlandeses a possibilidade de se juntarem à Grã-Bretanha em termos mais igualitários, uma vez que a nação obteve a representação de 100 deputados.

Além disso, prometia-se a abolição das leis que penalizavam a prática do culto católico, que era maioritário na Irlanda.

Revolução Industrial

Revolución industrial - Reino Unido
A Revolução Industrial permitiu o desenvolvimento do capitalismo.

Embora, atualmente, grande parte das indústrias do Reino Unido estejam em mãos estrangeiras, no século XVIII este reino foi o berço de uma das mudanças mais significativas da história da humanidade: a Revolução Industrial.

Este acontecimento significou o estabelecimento e a difusão da produção em massa em todo o mundo, assim como o desenvolvimento do capitalismo, que hoje em dia é o sistema econômico mais difundido no planeta.

No século XVIII, esta revolução só poderia ter origem no Reino Unido, pois era o único país com as condições necessárias:

  • Disponibilidade de mão de obra devido ao crescimento demográfico e ao abandono das zonas rurais,
  • Avanços tecnológicos,
  • Acumulação de capital privado (comerciantes).

Império Britânico

Desde o século XVI até 1949, o Reino Unido expandiu-se através da colonização e dos tratados e chegou a ocupar mais de 29 milhões de km2. Os súditos da coroa britânica somavam mais de 450 milhões de pessoas, ou seja, um quarto da população mundial dessa época. Foi o maior império da história.

No entanto, desde o início do século XX, iniciaram-se processos anticolonialistas em diversos territórios dominados. A Segunda Guerra Mundial enfraqueceu o Reino Unido econômica e militarmente, acelerando o processo de descolonização.

Atualmente, o Reino Unido tem apenas 14 territórios ultramarinos, na sua grande maioria pequenas ilhas com escassa população.

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Reino Unido. Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/reino-unido/. Acesso em: 27 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 27 fevereiro, 2024
Data de publicação: 1 dezembro, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)