Japão

Vamos explicar tudo sobre o Japão e suas características físicas e culturais. Além disso, como é a economia, religião e a história desse país.

Japón
A população do Japão ultrapassa 127 milhões de habitantes.

Japão

O Japão é um país composto por 6852 ilhas localizadas no Oceano Pacífico, no leste da Ásia. Está separado da Rússia, da China, da Coreia do Norte e da Coreia do Sul pelo Mar do Japão, que fica a oeste do país. Sua organização política é uma monarquia constitucional parlamentar.

Devido à sua localização no Anel de Fogo do Pacífico, o Japão é caracterizado pela atividade vulcânica e sísmica, portanto, erupções vulcânicas e terremotos são muito frequentes. Como resultado, a maior parte da infraestrutura do país é equipada com tecnologia antissísmica, e a população frequentemente passa por treinamentos e simulações para aprender a lidar com esses desastres naturais.

A capital do Japão é a cidade de Tóquio, localizada na ilha de Honshū. Com uma área metropolitana de mais de 37 milhões de habitantes, é a cidade mais populosa do mundo.

Por que se chama “Japão"? O nome vem do termo “nihon” ou “nippon”, que significa “a origem do sol”. Por esse motivo, o país também é conhecido como o país do sol nascente.

Características do Japão

Algumas características desse país são:

  • Sua população é de 127 milhões de habitantes.
  • Tem uma área de 377 915 quilômetros quadrados e uma densidade populacional de 330,7 habitantes por quilômetro quadrado.
  • Sua capital é Tóquio, que, com mais de 37 milhões de habitantes, é a cidade mais populosa do mundo.
  • O clima predominante é o temperado oceânico no norte e o subtropical quente no sul.
  • O relevo é principalmente montanhoso e vulcânico.
  • Por estar localizada no Anel de Fogo do Pacífico, terremotos e erupções vulcânicas são frequentes.
  • O idioma oficial é o japonês e a religião predominante é o xintoísmo.
  • A moeda oficial é o iene japonês.
  • Seus principais parceiros econômicos são os Estados Unidos, a China, a Coreia do Sul e a Austrália.
  • Suas principais atividades são a indústria e a prestação de serviços. Algumas das maiores empresas do mundo nesses setores são japonesas: Toyota, Mitsubishi e Sony estão entre elas.

Extensão territorial, população e capital do Japão

A densidade populacional do Japão é de 330,7 habitantes por quilômetro quadrado.

O Japão ocupa uma área de 377 915 quilômetros quadrados. Sua população é de 127 milhões de habitantes, o que o torna o décimo primeiro país mais populoso do mundo e o quinto mais populoso da Ásia. Sua densidade populacional é de 330,7 habitantes por quilômetro quadrado.

O Japão se divide em 9 regiões, que são subdivididas em 47 estados chamados de prefeituras. A prefeitura mais populosa é Tóquio, onde está localizada a capital, com 14 milhões de habitantes. Em seguida, estão Kanagawa, com 9,2 milhões, Osaka, com 8,8 milhões, e Aichi, com 7,7 milhões. A prefeitura menos populosa é Tottori, com 549 mil habitantes.

As prefeituras de Tóquio, Kanagawa, Saitama e Chiba compõem a área metropolitana de Tóquio, que abriga mais de 37 milhões de pessoas, representando 29,6% da população total do país.

O Japão é um dos poucos países que está sofrendo uma redução significativa em sua população há alguns anos. Estima-se que o país esteja perdendo 600 mil habitantes a cada ano. Os especialistas acreditam que essa situação demográfica pode ser decorrente da baixa taxa de natalidade, do envelhecimento progressivo de sua população devido à melhora na expectativa de vida ou da pouca imigração, já que o Japão tem historicamente políticas de migração extremamente restritivas.

Clima, relevo e hidrografia do Japão

Cerca de 84% do território japonês é vulcânico e montanhoso, e seu pico mais alto é o monte Fuji, com 3776 metros de altura Por estar localizado no Anel de Fogo do Pacífico, os vulcões do Japão estão todos em atividade, e são frequentes as erupções vulcânicas. O mesmo se aplica aos terremotos: como o país fica no limite das placas da Eurásia e do Pacífico, os terremotos também são um fenômeno natural e ocorrem com muita frequência.

O norte do país é caracterizado por um clima oceânico temperado no norte e subtropical quente no sul, mais próximo da linha do equador. Em ambos os tipos de clima, as precipitações são abundantes e a diferença é que o clima subtropical quente e úmido tem temperaturas mais altas no verão e no inverno.

Em função do relevo e do clima, os rios do Japão são curtos, mas de fluxo caudalosos e íngremes. São usados para energia hidrelétrica e irrigação de plantações. Os rios mais extensos do país são o rio Shinano, com 367 quilômetros de extensão, que deságua no Mar do Japão, e o rio Tone, com 322 quilômetros de extensão.

Flora e fauna do Japão

Entre os mamíferos do Japão está o urso-negro-asiático.

A fauna do Japão inclui pássaros, répteis, anfíbios, peixes e mamíferos, também o urso-negro-asiático, o urso marrom, o javali, o veado, o antílope, o texugo-japonês, o cão-guaxinim, a raposa, o gato selvagem, o leão-marinho, o lobo japonês, o faisão de cobre (ou de Soemmerring), o faisão-verde-japonês e a Águia-açor-asiática.

A flora do Japão é variada e abundante. Entre suas mais de 17 mil espécies estão castanheiras japonesas, árvores thuja, pinheiro vermelho japonês, Pinus koraiensis, bétulas e freixos. Há também ameixeiras brancas e vermelhas e bambus.

Cultura do Japão

O budismo é uma das principais religiões do Japão.

O idioma oficial do Japão é o japonês, que usa três sistemas de escrita: kanji (caracteres chineses), hiragana e katakana (ambos silabários). Além do japonês, outras línguas minoritárias são faladas em algumas regiões do Japão, como o ainu em Hokkaido e o ryukyuan nas ilhas Ryukyu.

Quase 50% da população do Japão pratica o xintoísmo. A segunda maior religião é o budismo, praticado por 46,5% dos japoneses. Outras religiões, como o cristianismo e o islamismo, também estão presentes, mas em menor número.

A música tradicional japonesa é caracterizada pelo uso de instrumentos como o shamisen (um instrumento de cordas), o koto (uma harpa japonesa) e a flauta shakuhachi. O gênero musical mais conhecido internacionalmente é o gagaku. Algumas das principais figuras da música japonesa são Akira Ifukube e a artista visual e cantora Yoko Ono.

Com relação à pintura, o estilo tradicional japonês se destaca pela pintura com tinta sumiê, pergaminhos emaki e pintura em telas dobráveis byōbu. Entre os pintores japoneses mais influentes estão o pintor do século XVIII Katsushika Hokusai e a escultora, gravurista e pintora do século XX Yayoi Kusama.

A gastronomia japonesa é mundialmente conhecida. O arroz, o peixe fresco, os vegetais e as algas marinhas são ingredientes fundamentais da cozinha japonesa. Entre os pratos típicos estão o sushi, o sashimi, o ramen, o yakitori e o okonomiyaki. Além disso, a cerimônia do chá, conhecida como chanoyu, é uma prática da cultura japonesa tradicional.

Símbolos patrióticos do Japão

A bandeira do Japão consiste em um círculo vermelho em um fundo branco.

Os símbolos patrióticos do Japão são:

  • A Bandeira. É conhecida como Nisshoki, que significa “bandeira do sol em forma de disco”, ou Hinomaru, que significa “disco do sol”. Foi adotada oficialmente em 1999 e consiste em um círculo vermelho sobre um fundo branco.
  • O Hino. É conhecido como Kimigayo, que significa “Sua Majestade, o Imperador”. Sua letra foi composta por um poeta anônimo no século IX e o compositor de sua música foi Hayashi Hiromori em 1888.
  • O Selo Imperial (ou Brasão de Armas). É um dos símbolos mais antigos do Japão. É chamado de “Selo do Crisântemo” e foi adotado em 1183. O crisântemo é considerado uma flor sagrada no Japão. O selo mostra um crisântemo com 16 pétalas douradas.

História do Japão

O Japão é a terceira maior economia do mundo.

A história do Japão é marcada por momentos em que o país esteve completamente isolado e outros em que permitiu a entrada e o comércio com os países vizinhos.

Desde o século I, a ilha tem sido habitada, conforme registrado nos escritos da China Antiga. A partir do século II, o Japão esteve sob diferentes impérios que marcaram seu curso como nação e seus costumes característicos, mas o Japão manteve períodos de influência estrangeira e outros de isolamento prolongado. Foi no século II até 1868 que o Japão foi governado por diferentes militares, chamados de imperadores. Entretanto, o período de isolamento que caracterizou o Japão até o século II reapareceu no século XVII, que durou até meados do século XIX.

A partir do século XIX, durante duas décadas ininterruptas, o Japão esteve mergulhado em conflitos internos até 1868, quando foi proclamado o Império do Japão, restaurando a ordem interna nas ilhas.

O Japão participou da Primeira e da Segunda Guerra Mundial, o que o colocou em uma posição privilegiada na guerra em relação a outros países.

Entretanto, a partir de 1920, o país enfrentou uma série de problemas com os quais teve de lidar, questionando as soluções democráticas a esse respeito: corrupção dos governos no poder, acusações etc. Além disso, a partir desse ano, os benefícios econômicos do período pós-guerra, dos quais o Japão havia se beneficiado, foram perdidos após a recuperação da Europa no pós-guerra.

Atualmente, o crescimento econômico do Japão é o terceiro maior do mundo.

Atividades econômicas do Japão

Japón - yen
A moeda oficial do Japão é o iene japonês.

Do ponto de vista do Produto Interno Bruto (PIB), a economia do Japão é considerada a terceira maior do mundo atualmente, depois dos Estados Unidos e da China.

Suas principais atividades econômicas são:

  • A indústria. O setor contribui com quase 25% de seu PIB. Destacam-se setores como o automotivo, telecomunicações, tecnologia e entretenimento. Algumas das empresas industriais mais renomadas do mundo são japonesas: Honda, Toyota ou Mitsubishi, no setor automotivo; Canon, Toshiba, JVC e Hitachi em tecnologia, e Sony e Nintendo em entretenimento.
  • Prestação de serviços. Contribuem com quase 75% do PIB do país. Destacam-se os setores de seguros, imóveis, serviços financeiros, turismo, educação e comércio.

Seus principais parceiros comerciais são os Estados Unidos, a China, a Coreia do Sul e a Austrália, e sua moeda oficial é o iene japonês.

Referências

  • EAE Business School (2021) 5 empresas japonesas líderes en su sector. EAE
  • Go Go Nihon (2021) La riqueza histórica de la música tradicional japonesa. GoGoNihon
  • Ministerio de Asuntos Exteriores (2023) Japón. Ficha país. Oficina de Información Diplomática de España. Exteriores
  • Nippon.com (2022) La población de Japón se reduce en todas las prefecturas a excepción de Okinawa. Nippon
  • Nippon.com (2022) Las 10 principales montañas y ríos de Japón. Nippon

Segue com:

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Japão. Enciclopedia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/japao/. Acesso em: 20 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 26 janeiro, 2024
Data de publicação: 26 janeiro, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)