Período Clássico (Europa)

Vamos explicar o que é o Período Clássico greco-romano e as artes em que se destacou. Além disso, suas inovações na ciência e suas características.

Acrópolis de Atenas, Antigua Grecia.
No Período Clássico tiveram seu auge as civilizações grega e romana.

O que é o Período Clássico?

O termo “Período Clássico” ou “Antiguidade Clássica” é usado para se referir à época em que existiram as civilizações grega e romana. Não corresponde a um período exato de tempo, mas sim a uma época de esplendor das criações culturais dessas civilizações que, com o passar do tempo, constituíram-se como referências fundamentais da cultura ocidental atual.

O Período Clássico integra a história das civilizações grega e romana que habitaram a bacia do Mediterrâneo e do Oriente Próximo. Para orientação, pode-se dividir cronologicamente o Período Clássico segundo o predomínio de uma ou outra civilização: Antiga Grécia (500-323 a.C.), Período Helenístico (323-31 a.C.) e Antiga Roma (31 a.C.-476 d.C).

A localização temporal do Período Clássico

Grécia Clássica

Corresponde ao período entre os séculos V a IV a.C.

  • Queda da tirania de Atenas (500 a.C.).
  • Século de Péricles (Meados do século V a.C.)
  • Conquistas de Alexandre, o Grande (336 a.C.).

Período Helenístico

Corresponde ao período entre os séculos IV e I a.C.

  • Conquistas de Alexandre, o Grande (323 a.C.)
  • Fomento cultural nas grandes cidades de Antioquia, Alexandria e Pérgamo (séculos II e I a.C.)
  • Conquista romana do Egito (31 a.C.)

Roma Antiga

Corresponde ao período entre os séculos I a.C. e II d.C.

  • Expansão da República Romana (II a.C.).
  • Transformação do sistema republicano no Império Romano (I a.C. e I d.C.)
  • Crise política, cristianização e desintegração do império (III-V d.C.)

A política no Período Clássico

Há diferentes elementos políticos do Período Clássico que se constituíram num legado cultural para as civilizações ocidentais posteriores.

Na Grécia Antiga, cada pólis mantinha sua independência política e tinha seu próprio sistema de governo. Esparta, por exemplo, estabeleceu um governo aristocrático que incorporava diferentes magistraturas. No entanto, a referência política mais importante deste período é Atenas, que desenvolveu, pela primeira vez na história, um sistema de governo democrático.

A democracia ateniense organizou suas instituições a fim de incluir e promover a participação direta de seus cidadãos na tomada de decisões de governo. Os cidadãos eram homens maiores de idade, nascidos na cidade, filhos de pai e mãe ateniense. Para conseguir a participação de tantos indivíduos, os atenienses organizaram um sistema que combinava a realização de assembleias multitudinárias, a votação, o emprego de magistraturas de maneira temporária e a atividade de políticos individuais.

Um outro desenvolvimento importante para as culturas ocidentais posteriores deu-se na Civilização Romana. O Estado romano regulava as relações entre os cidadãos através de textos precisos. Com o tempo, criou-se a noção de “direito”. As diferentes normas, leis e princípios jurídicos foram codificados por escrito e constituíram-se no que hoje é conhecido como “Direito Romano”. Esta forma de legislar é um antecedente fundamental do direito e da legislação moderna.

As características culturais do Período Clássico

A religião e a mitologia no Período Clássico

Poseidón - Mitología griega
A mitologia grega e romana possuem as mesmas divindades.

A mitologia foi constituída como um elemento fundamental das diferentes culturas do Período Clássico. Durante o Período Arcaico (800-500 a.C.) e a Época Clássica (500-323 a.C.) da Civilização Grega, os relatos orais transmitidos de geração em geração foram recolhidos em um corpus coerente de escritos sobre a história e a genealogia do panteão de deuses e heróis gregos.

Durante o Período Helenístico, com a expansão da cultura grega pelos territórios do Oriente Próximo e do Egito, houve uma fusão e combinação do culto de alguns deuses gregos com outras divindades locais.

Na Roma Antiga, os cultos arcaicos originais também foram influenciados pela mitologia grega. Com o tempo e a expansão territorial, as diferentes divindades romanas foram assimiladas a diferentes referentes da mitologia grega.

Para orientação, pode-se identificar a combinação de divindades e cultos da seguinte maneira:

Nome gregoNome romanoDivindade
ZeusJúpiterPai-rei dos deuses e deus da justiça
PoseidonNetunoDeus dos mares
AresMarteDeus da destruição e do combate
AtenaMinervaDeusa da guerra, da política, da ciência e das artes
Hera JunoMãe rainha dos deuses e deusa protetora da família
ApoloFeboDeus do sol, luz e profecia
AfroditeVênusDeusa da beleza e do amor
ArtemisaDianaDeusa da caça e da pureza
HermesMercúrioDeus do comércio e das estradas
DionísioBacoDeus do vinho, prazer e da dança
HefestoVulcanoDeus do fogo e vulcões
HadesPlutãoDeus dos mortos e protetor do submundo
CronosSaturnoDeus do tempo e ciclos, da riqueza e da agricultura
DeméterCeresDeusa da agricultura e da fertilidade
PerséfoneProserpinaDeusa das colheitas e protetora dos mortos
CupidoErosDeus do amor

A filosofia do Período Clássico

Filosofía
Durante o Período Clássico viveram grandes filósofos como Sócrates, Platão e Aristóteles.

A filosofia tem sua origem na Civilização Grega. Nasceu no século VI a.C. e teve seu auge durante o V a.C.

Os filósofos se questionavam sobre a origem da vida e o funcionamento do mundo. Sustentavam que através do pensamento racional, que inclui a observação e a reflexão, podia-se conhecer e compreender a natureza das coisas. Entre os filósofos mais importantes da Grécia Clássica estão Platão e Aristóteles.

Por outro lado, à raiz do pensamento filosófico se desenvolveram diferentes disciplinas específicas que se enfocavam nos distintos aspectos do mundo.

Os filósofos romanos foram influenciados por seus antecedentes gregos. A principal corrente filosófica de origem grega que os romanos tomaram foi o Estoicismo. Os estoicos ligavam o pensamento filosófico à ética e acreditavam que através da razão e do entendimento se podia encontrar a paz e a virtude. Entre os pensadores estoicos romanos estavam Sêneca, Epíteto e Marco Aurélio.

Por outro lado, alguns pensadores tomaram outra corrente filosófica da Antiga Grécia: o epicureísmo. Os filósofos epicúreos buscavam a felicidade prática e defendiam o hedonismo, como desfrutar dos prazeres físicos. Filisco e Lucrécio foram expoentes romanos epicúreos, porém tiveram um alcance limitado.

A arquitetura do Período Clássico

período clásico - imperio romano
A arquitetura romana se destacou por seus monumentos para expressar grandeza e poder.

As obras arquitetônicas das Civilizações Grega e Romana tornaram-se um legado fundamental da arquitetura ocidental de períodos posteriores.

  • Arquitetura grega. As formas arquitetônicas da cultura grega mais populares são seus templos, os edifícios públicos, os teatros ao ar livre, as praças públicas, os mausoléus e estádios, entre outros. A arquitetura grega era inspirada nos princípios de harmonia e proporção. Teve três estilos bem marcados que se sucederam no tempo: Dórico, Jônico e Coríntio.
  • Arquitetura romana. Os romanos desenvolveram um estilo próprio, influenciado tanto pela arquitetura grega como pela etrusca. Do estilo etrusco, os romanos tomaram dois elementos fundamentais de sua arquitetura: o arco e a abóbada. Ao contrário, dos gregos adotaram o projeto das colunas e o uso das estátuas nos templos e nos edifícios civis. Em geral, o estilo romano se caracteriza pela solidez e monumentalidade de suas obras: construíram templos, panteões, arcos triunfais, colisões, basílicas, pontes, aquedutos, anfiteatros, circos e fóruns.

A arte no Período Clássico

período clásico
A escultura grega buscava a harmonia e a proporção no corpo humano.

As civilizações grega e romana promoveram o desenvolvimento das diferentes artes. Durante o auge da civilização grega, algumas cidades como Atenas, Tebas e Esparta, tornaram-se centros culturais de promoção artística.

Durante o Período helênico, as cidades de Antioquia, Alexandria e Pérgamo substituíram em importância as anteriores e representaram um estilo próprio de sua época, em que a influência grega era valorizada e combinada com elementos locais da cultura oriental. Os diferentes governantes impulsionaram a criação de instituições educativas, bibliotecas e escolas de arte. No Período Helenístico também apareceu o mecenato como relação cultural, na qual os nobres contratavam artistas e filósofos, e contribuíam, assim, para o desenvolvimento da cultura local.

Os romanos continuaram a tradição de mecenato e contribuíram, por sua vez, para a expansão da cultura greco-romana em todo o império.

A escultura

  • Escultura grega. Conhecido como estilo severo, abarca grande variedade de gêneros: escultura em bronze, esteiras, relevos arquitetônicos. Sobressaíram como escultores Mirón, Fídias e Policleto. A escultura foi a arte que mais expressou a admiração ao corpo do ser humano, a obra culminante é a série dos trabalhos de Hércules.
  • Escultura romana. Sendo a escultura grega uma referência constante da romana, a contribuição latina mais importante nesta arte é o retrato devido ao seu grande realismo, expressividade e detalhe. Também se destaca o relevo paisagístico.

A literatura

  • Literatura grega. Exibição do teatro e da poesia como gêneros mais desenvolvidos. Destacaram-se os escritores de tragédias, tais como Ésquilo, Sófocles e Eurípides; de comédia, como Aristófanes; e de poesia, como Píndaro, Homero e Hesíodo. Entre as obras épicas mais relevantes estão a Ilíada e a Odisseia. Como principais representantes do gênero da oratória encontram-se Lísias, Isócrates, Esquis e Demóstenes.
  • Literatura romana. Na cultura romana, destacaram-se poetas e escritores clássicos como Virgílio, Ovídio, Plínio, o Jovem, Sêneca, Suetônio e Horácio. As suas obras exauriram da tradição grega elementos fundamentais que lhe permitiam enaltecer a cultura romana.

As ciências do Período Clássico

Período clásico - Pitágoras
Pitágoras estabeleceu as bases da geometria.

As ciências tiveram um grande desenvolvimento nas culturas grega e romana. A partir do desenvolvimento da filosofia grega, o pensamento racional constituiu-se como um elemento fundamental para conhecer e interpretar o mundo. Os gregos ousaram procurar respostas racionais aos fenômenos da natureza, afastando-se dos conceitos mitológicos ou sobrenaturais.

Tales de Mileto é considerado o primeiro cientista da história; Pitágoras instaurou as bases da geometria; Hipócrates é qualificado como o criador da medicina científica; Arquimedes descobriu a teoria do deslocamento dos corpos. Outros pensadores, como Heráclito, Zenão, Anaxágoras, Parmênides ou Empédocles, estudaram mais temáticas relacionadas à natureza (como a astronomia ou a botânica). Além disso, Alcméon e Hipócrates investigaram o corpo humano e desenvolveram importantes avanços na medicina.

Referências

  • Javier, C. P., & Pilar, F. U. (2015). Historia Antigua II. El Mundo Clásico. Historia De Roma. Editorial UNED.
  • García Gual, C. (2007). Introducción a la mitología griega. Alianza Editorial.
  • Grimal, P. (1992). “Introducción” em El mundo mediterráneo en la Edad Antigua: el helenismo y el auge de Roma (pp. 3-20). Siglo Veintiuno Editores.
  • Pomeroy, Burstein, Donlan & Tolbert (2011). La antigua Grecia. Historia política, social y cultural. Ed, Crítica.
  • Garnsey, P. y Saller, R.(1991): El Imperio romano. Economía, sociedad y cultura. Crítica.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

KISS, Teresa. Período Clássico (Europa). Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/periodo-classico-europa/. Acesso em: 28 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Teresa Kiss

Professora de História do ensino médio e superior.

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 27 fevereiro, 2024
Data de publicação: 29 junho, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)