Literatura grega

Vamos explicar o que é literatura grega, os temas que ela aborda e o que é mitologia grega. Além disso, quais são suas características e autores.

Literatura griega
A literatura grega é a base do conceito atual de literatura e artes plásticas.

O que é literatura grega?

A literatura grega consiste em uma coleção de obras escritas que narram as tradições, histórias e formas de pensar da sociedade da Grécia Antiga. Abrange um longo período, entre os séculos IV e III d.C., e é dividida em três fases:

  • Período arcaico (final do século IV a.C.). Caracterizou-se por mitos, que contêm um pouco de história e um pouco de folclore. Foi uma fase em que a escrita ainda não havia chegado à Grécia, portanto os mitos eram transmitidos de forma oral. O principal autor foi Homero.
  • Período clássico (séculos V a IV a.C.). Caracterizou-se pela tragédia e pela comédia, e foi uma fase em que a escrita foi usada para difundir a literatura. Um dos autores mais proeminentes foi Aristóteles.
  • Período helenístico (do século III a.C. em diante). Caracterizou-se pela poesia e pela prosa e se espalhou por todo o Mediterrâneo. Um dos principais autores foi Horácio.

A literatura da Grécia Antiga foi a base da literatura moderna e das artes plásticas da atualidade. Suas obras e realizações foram transmitidas à cultura latina e romana e permaneceram por séculos como um importante ponto de referência na arte ocidental, apesar de seus motivos serem os de sua religião e tradições específicas.

Origens da literatura grega

As origens da literatura grega remontam a cerca de 300 a.C., no início de uma das civilizações mais completas e admiradas da história da humanidade: a Grécia Antiga. O início exato dessa cultura é desconhecido, já que, embora a escrita existisse há pouco tempo, ela ainda não havia chegado à Grécia e aos arredores.

Características da literatura grega

Entre as principais características da literatura da Grécia Antiga estão as seguintes:

  • A prosa. A literatura grega também apresentava obras em prosa, derivadas da oratória política e do desejo de registrar os eventos à medida que ocorriam. De fato, pensadores como Platão e Aristóteles, ou historiadores como Heródoto, deixaram uma extensa obra que influenciou civilizações futuras.
  • A transmissão oral. A poesia lírica e épica são de origem oral e geralmente eram narradas em versos como uma estratégia para ajudar a memorizar os textos. Eram cantadas por recitadores que compunham suas próprias canções (aedas) ou que memorizavam fragmentos de épicos e os recitavam na cítara (rapsodos).
  • A religião. O conteúdo da literatura grega costumava ser religioso ou místico, na medida em que eles se valiam das histórias e lendas de sua cultura, que cultuava seus vários deuses e divindades diariamente, para recriar suas obras. Assim, as personagens icônicas da literatura grega, como Édipo, Aquiles ou Perseu, pertencem simultaneamente à imaginação popular da época e às várias histórias religiosas com as quais a tradição adorava os deuses.
  • A catarse. Um conceito central na literatura grega, sobretudo no drama, era a catarse: a purificação das paixões humanas por meio do sofrimento, o sofrimento das emoções em um contexto ficcional.

Período arcaico da literatura grega

Mitologia

Mitología - Literatura griega
A mitologia grega inspirou pinturas, esculturas, histórias e obras de arte.

A mitologia grega é uma das mais vastas e ricas mitologias da humanidade. Seus deuses, semideuses, divindades e monstros acompanharam o Ocidente ao longo dos séculos e deram origem a pinturas, esculturas, histórias e inúmeras obras de arte nas quais exercem a função de arquétipos: símbolos que são muito importantes para nossa cultura.

Algumas das obras mais conhecidas da literatura grega são:

  • A Ilíada.
  • A Odisseia.
  • O ciclo tebano: Édipo Rei, Édipo em Colono, Sete contra Tebas, Antígona, As Suplicantes, As Fenícias.
  • A Oréstia: Agamêmnon, Coéforas, Eumênides.
  • Os Trabalhos e os Dias.
  • A Teogonia.
  • Hinos Homéricos.

Período clássico da literatura grega

Tragédia e comédia

Literatura griega
A sátira é uma ridicularização cômica dos poderes constituídos.

Durante o período clássico, surgiram os gêneros tragédia e comédia, ou seja, gêneros teatrais que constituíam representações das regras e dos costumes da cidade grega. As peças transmitiam valores e contribuíam para a educação política da população.

Os principais gêneros do período clássico da literatura grega foram:

  • Tragédia. Segundo Aristóteles, consistia na representação de homens muito maiores e mais valiosos do que eram, a fim de comover o público com sua queda. Costumavam fazer uso de mitos e lendas heroicas conhecidas por todos.
  • Comédia. De acordo com Aristóteles, por outro lado, consistia em representar homens muito mais inferiores do que eles são, a fim de poder ver sua ascensão. Infelizmente, as considerações aristotélicas sobre esse gênero se perderam ao longo dos séculos.
  • Sátira. Seria a representação humorística ou burlesca, cuja intenção é zombar e atacar os poderes constituídos.

Período helenístico da literatura grega

Poesia

Literatura griega
A poesia épica contém contos de guerra ou aventura nos quais se evocam mitos.

Durante o período helenístico, o gênero poético ganhou destaque e foi caracterizado por dois tipos diferentes:

  • Poesia épica. São representações literárias de natureza narrativa, escritas em verso e muitas vezes acompanhadas de música, chamadas de épicas. Costumavam conter contos de guerra ou aventura, evocando os mitos e contos heroicos da cultura.
  • Poesia lírica. São representações literárias destinadas a serem cantadas e até mesmo dançadas (“lírico” vem de seu acompanhamento com a lira, um instrumento musical) e que podem ser populares ou cultas, de acordo com a classe social a que se dirigem.

Principais autores

Literatura griega
Sófocles foi um dos mais importantes autores da tragédia grega.

Entre os principais representantes da tradição grega, destacam-se os seguintes:

  • Homero. Um rapsodo supostamente cego, a quem são atribuídos os poemas épicos da Ilíada, da Odisseia e um extenso conjunto de Hinos (Homéricos).
  • Hesíodo. Poeta e primeiro filósofo grego, autor de vários ensaios e obras de inspiração mitológica.
  • Heródoto. Historiador e autor da cosmogonia grega, foi um dos principais autores de não ficção de sua época.
  • Ésquilo, Sófocles e Eurípedes. Os mais importantes dramaturgos de toda a tragédia grega.
  • Platão e Aristóteles. Os grandes filósofos gregos Platão e Aristóteles, criadores de um conjunto de obras que sustentará o pensamento ocidental por séculos. Sócrates deveria estar ao lado deles, mas seu pensamento não foi registrado por escrito.

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ETECÉ, Equipo editorial. Literatura grega. Enciclopedia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/literatura-grega/. Acesso em: 19 abril, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 27 fevereiro, 2024
Data de publicação: 27 fevereiro, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)