Mineração

Vamos explicar o que é mineração, sua história e tipos de extração. Além disso, quais são as suas características gerais e os problemas ambientais envolvidos.

minería
A mineração é uma fonte vital de recursos para a maioria das indústrias humanas.

O que é mineração?

A mineração consiste na extração de minerais do interior da crosta terrestre. Trata-se de uma atividade econômica primária, o que significa que se dedica à extração de matérias-primas que depois são usadas em outras atividades produtivas.

A mineração é uma das principais atividades econômicas em muitos países, apesar de gerar um grande impacto ambiental nas áreas onde é realizada. A extração de minerais estratégicos (como o ouro, o lítio ou a prata) e minerais energéticos (como o gás e o petróleo) são atividades fundamentais para países como a Rússia, a China, a Arábia Saudita, o Chile ou a Nigéria.

De acordo com as características dos produtos extraídos e sua utilidade, a mineração pode ser classificada em metálica, não metálica e energética. Segundo o tipo de mineral que está sendo extraído, há duas formas principais de mineração: a mineração subterrânea e a mineração a céu aberto.

Tipos de mineração

minería
A mineração não metálica extrai materiais úteis para construção e fabricação de joias.

A mineração pode ser classificada de acordo com as características e a utilidade do mineral explorado em mineração metálica, não metálica e energética:

  • Mineração metálica. Extrai-se elementos metálicos com valor siderúrgico, como o cobre, o lítio, o ouro, a prata, o alumínio, o chumbo, o mercúrio e o ferro.
  • Mineração não metálica. São extraídos materiais úteis para construção, para joias e outros usos, como a argila, o mármore, o granito, as esmeraldas, os diamantes e a mica.
  • Mineração energética. São extraídos hidrocarbonetos e minerais ricos em energia, como carvão, urânio, gás natural e petróleo.

Formas de extração mineira

Minería
A mineração a céu aberto gera um grande impacto ambiental.

A mineração pode ser realizada por meio de diferentes tipos de extração:

  • Mineração a céu aberto. Consiste em extrair minerais de depósitos superficiais por meio da remoção de grandes quantidades de terra e rocha. Implica o uso de maquinário pesado, como escavadeiras e caminhões, para acessar os depósitos minerais, e tem impactos ambientais significativos. Os minerais comumente extraídos a céu aberto são a prata, o ferro, o cobre e o ouro.
  • Mineração subterrânea. Consiste em extrair minerais de depósitos localizados abaixo da superfície da terra. Este método requer a criação de túneis e galerias para acessar os depósitos e é comumente usado para a extração de minerais como o carvão, o ouro, a prata e o zinco.
  • Poços de perfuração. Consiste em perfurar poços muito profundos para extrair petróleo e gás natural. Quando o depósito é muito profundo e é necessário fraturar a rocha do subsolo para acessá-lo, a técnica de extração é chamada de fracking ou fraturamento hidráulico.
  • Mineração submarina. Consiste em extrair recursos minerais encontrados nas profundezas do oceano. Este método é usado principalmente para a extração de petróleo e gás natural encontrados sob a crosta oceânica.

Etapas da exploração mineira

A exploração mineira envolve as seguintes etapas:

  • Exploração. As áreas com potencial mineral são identificadas por meio de pesquisas geológicas e por satélite. Também são realizadas perfurações para obter amostras do subsolo e determinar a presença e a concentração de minerais.
  • Estudo de viabilidade. São determinadas a extensão e os limites do depósito mineral. São realizadas avaliações de impacto ambiental para mitigar as possíveis consequências da operação de mineração. Estima-se a quantidade de minério economicamente explorável e desenvolvem-se estratégias de produção para extração, processamento e gestão de resíduos.
  • Preparação do local. São construídos o local e todas as instalações necessárias para as atividades de mineração e processamento.
  • Extração. Realiza-se a extração do minério. Depois de extraído, o minério é transportado do depósito para as instalações de processamento. Utiliza-se métodos físicos e químicos para separar e concentrar os minerais valiosos. Esta etapa é complexa do ponto de vista ambiental, pois são empregados produtos químicos altamente tóxicos, que muitas vezes poluem os rios próximo, o solo e o ar.
  • Armazenamento e gerenciamento de resíduos. Os produtos finais e os subprodutos da extração são armazenados para posterior comercialização. O lixo e os resíduos gerados durante o processo de extração e processamento são administrados para causar o menor impacto ambiental possível. Quando os resíduos não são tratados corretamente, causam um impacto ambiental muito significativo.
  • Comercialização. Os produtos finais são transportados para mercados nacionais ou internacionais para chegar às indústrias consumidoras.
  • Fechamento. Uma vez esgotado o minério, o depósito é fechado. Nesta fase, as empresas de mineração devem tomar medidas para restaurar a área afetada e mitigar os impactos ambientais.

Importância econômica da mineração

minería
Milhões de pessoas em todo o mundo trabalham na atividade mineira.

A mineração é fundamental para a vida atual, pois fornece a base principal para o suprimento de minerais essenciais na economia global. A extração de minerais metálicos, como cobre, alumínio e ferro, é essencial para a fabricação dos principais componentes da indústria eletrônica. Por sua vez, os minerais não metálicos são essenciais para a indústria da construção. Além disso, a mineração fornece o lítio, que é vital para a fabricação de baterias recarregáveis para telefones celulares e computadores portáteis.

A mineração também extrai petróleo e gás, dois dos minerais mais importantes e estratégicos para o desenvolvimento da vida social nos dias de hoje. A maioria dos veículos precisa de combustíveis derivados de petróleo para funcionar, e milhões de casas e edifícios de todos os tipos precisam de gás natural para aquecimento e para cozinhar.

Por fim, a mineração também fornece os materiais para a construção e manutenção da infraestrutura de transporte. O ferro e o alumínio são essenciais para a fabricação de veículos, aeronaves e ferrovias, e os produtos derivados de minerais, como cimento e concreto, são usados na construção de estradas e obras civis.

Consequências ambientais da mineração

Minería
A atividade de mineração geralmente causa impactos ambientais significativos.

Os principais impactos ambientais causados pela mineração são:

  • Poluição da água. O uso de produtos químicos tóxicos durante a extração pode levar à poluição da água. Os derramamentos de substâncias como cianeto, ácido sulfúrico, arsênico ou chumbo afetam negativamente a qualidade da água e a biodiversidade.
  • Poluição do ar. A atividade de mineração pode liberar gases poluentes na atmosfera. Os minerais pulverizados também poluem significativamente o ar circundante. A exposição a estas emissões tem impactos negativos sobre a qualidade do ar, a saúde humana e a vegetação.
  • Poluição do solo. A remoção das camadas superficiais durante a mineração pode levar à degradação do solo. A compactação, a perda de nutrientes e a exposição a substâncias químicas tóxicas contribuem para as mudanças na qualidade do solo, afetando as atividades agrícolas e pecuárias produtivas próximas aos locais de mineração.
  • Alterações da paisagem. A construção de minas pode implicar a remoção de grandes quantidades de solo e rocha. As operações a céu aberto, em particular, geralmente deixam grandes áreas escavadas que alteram permanentemente a paisagem original.
  • Perda de biodiversidade. A alteração do habitat de muitas espécies e a degradação do ambiente podem resultar na perda da biodiversidade. A destruição de ecossistemas locais, combinada com a poluição, pode afetar a flora e a fauna nativas e levar a mudanças na dinâmica do ecossistema.

História da mineração

Minería - oro
Os historiadores da Grécia Antiga mencionam a existência de grandes minas de ouro.

A mineração tem seu início no Período Neolítico, quando os primeiros grupos humanos começaram a extrair minerais para a fabricação de ferramentas e ornamentos. Depois, durante os impérios egípcio e grego, a mineração assumiu uma dimensão mais sistemática. No Egito, a extração de ouro e cobre era usada para a produção de joias e objetos rituais, enquanto na Grécia a mineração estava associada à produção de metais como ferro e chumbo para armas e ferramentas.

A mineração se expandiu pela Europa durante a Idade Média, com a busca por metais preciosos, como a prata, o cobre e o bronze. Isto levou ao estabelecimento de grandes locais de mineração em vários países, incluindo Portugal, Alemanha, País de Gales, França e Itália.

A chegada dos colonizadores europeus às Américas no século XV levou à exploração intensiva de metais preciosos, como ouro e prata. A mineração foi o motor econômico das colônias espanholas na América Latina e, por mais de quatro séculos, os minerais foram extraídos de depósitos localizados principalmente na Cordilheira dos Andes. Neste processo, milhões de nativos americanos morreram em decorrência das péssimas condições de trabalho nas minas.

Finalmente, com o advento da Revolução Industrial e as necessidades energéticas do mundo moderno, a mineração se tornou uma das atividades econômicas mais lucrativas do planeta. O setor automotivo impulsionou a extração e a comercialização de petróleo, e as novas tecnologias fizeram o mesmo com minerais estratégicos, como o cobre, o lítio e o coltan.

Continue com:

Referências

  • Gobierno de México. (2023). Explotación minera. https://www.sgm.gob.mx/
  • Leibbrandt, A. (2010). La minería y la Edad Media. Minería Chilena. https://www.mch.cl/
  • Lillo, J. (s.f.). Impactos de la minería en el medio natural. Grupo de Ecología (Universidad Rey Juan Carlos) y Grupo de Estudios en Minería y Medioambiente. https://www.ucm.es/
  • Sarudiansky, R. y Nielson, H. (s.f.). Minería en la República Argentina. Asociación Argentina para el Progreso de las Ciencias. https://aargentinapciencias.org/

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Mineração. Enciclopédia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/mineracao/. Acesso em: 27 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 6 maio, 2024
Data de publicação: 6 maio, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)