Poluição do ar

Vamos explicar o que é a poluição do ar e quais são suas causas e consequências. Além disso, suas características, possíveis soluções e muito mais.

Os poluentes do ar podem ser químicos, físicos ou biológicos.

O que é poluição do ar?

A poluição do ar ocorre quando existem substâncias ou formas de energia no ar que danificam ou afetam de forma reversível ou irreversível os seres humanos, outros seres vivos e o ambiente à sua volta.

Os poluentes do ar podem ser substâncias sólidas, líquidas ou gasosas e podem ser poluentes químicos, físicos ou biológicos. A maioria dos poluentes do ar são gerados em vários setores e no uso de combustíveis fósseis, principalmente em veículos com motores de combustão interna e em usinas de geração de eletricidade.

Os principais poluentes atmosféricos são monóxido de carbono (CO), dióxido de enxofre (SO2), clorofluorcarbonos (CFCs), hidrofluorcarbonos (HFCs), óxidos de nitrogênio, hexafluoreto de enxofre (HF6), metano (CH4), material particulado e smog (mistura de ar e poluentes em altas pressões, causando estagnação do ar e dos poluentes).

Da mesma forma, os poluentes do ar podem se depositar em pessoas, animais, plantas, rios, lagos, mares e várias estruturas feitas pelo homem. Por exemplo, quando chove em áreas onde os gases poluentes estão presentes no ar, a água da chuva leva esses poluentes para baixo, o que, por sua vez, contamina a água dos rios, lagos, mares, solos e os organismos vivos que vivem nessas áreas.

Fontes de poluição do ar

A erupção de vulcões libera partículas no ar que dificultam a respiração.

As fontes de poluição do ar são atividades, operações ou processos naturais ou artificiais que produzem poluentes que são liberados no ar. As fontes de poluição do ar podem ser:

  • Fontes naturais. São o resultado de um fenômeno natural. Muitas vezes, não são consideradas emissoras de poluentes em si, a menos que afetem os organismos vivos e o ambiente com o qual interagem. Por exemplo: a erupção de vulcões e a superpopulação de animais que geram muitas fezes.
  • Fontes artificiais (antropogênicas). São o resultado das diversas atividades humanas, industriais, domésticas ou recreativas. Por exemplo: refinarias de petróleo e veículos com motores de combustão interna.
  • Fontes locais. São aquelas que poluem uma pequena área. Por exemplo: uma pequena fábrica ou uma carpintaria.
  • Fontes globais. São fontes que poluem uma área muito extensa ou influenciam diretamente o equilíbrio de todo o planeta. Por exemplo: indústrias que produzem gases de efeito estufa e contribuem para o aquecimento global.
  • Fontes móveis. São fontes que não permanecem em um único local. Por exemplo: veículos de transporte que usam motores de combustão, como carros, trens e aviões.

Efeitos da poluição do ar no meio ambiente

A poluição do ar está ocasionando mudanças no clima que, no decorrer dos anos, afetaram os diferentes ecossistemas do planeta. Essas mudanças se devem principalmente ao efeito estufa e aos danos à camada de ozônio.

O que é o efeito estufa? É o processo através do qual a radiação térmica da superfície da Terra é absorvida pelos gases de efeito estufa e devolvida à superfície da Terra. Esse processo aquece naturalmente a superfície da Terra.

Como resultado da queima de combustíveis fósseis, há gases que são produzidos e que contribuem significativamente para o aumento do efeito estufa, o que resulta em muito mais radiação térmica devolvida à superfície da Terra e, portanto, em um aumento do aquecimento global. Esses gases incluem óxidos nitrosos, clorofluorcarbonos, ozônio troposférico e metano.

A camada de ozônio é uma camada formada por ozônio (O3) que absorve parte dos raios ultravioleta, evitando que atinjam a superfície da Terra e causem danos aos seres vivos e ao meio ambiente. Os principais compostos que danificam a camada de ozônio são os clorofluorcarbonos.

Efeitos da poluição do ar nos seres humanos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que aproximadamente 7 milhões de pessoas podem morrer a cada ano por causas associadas à poluição do ar.

As pessoas mais vulneráveis aos poluentes do ar são os idosos, as pessoas com doenças de base e as crianças. Respirar ar poluído pode provocar danos graves aos pulmões, acidentes cardiovasculares e morte. Também pode causar bronquite, pneumonia e asma.

Os poluentes do ar também podem ser levados para os organismos vivos por meio da ingestão de alimentos contaminados

Tipos de poluentes do ar

Poluentes primários

São aqueles que são liberados diretamente da fonte de emissão. Esses poluentes afetam diretamente os organismos vivos e o ambiente ao seu redor. Por exemplo: dióxido de enxofre (SO2), que afeta a vegetação e os pulmões.

Poluentes secundários

São aqueles que se formam como resultado de reações químicas entre poluentes primários ou espécies não poluentes e fenômenos químicos atmosféricos. Por exemplo: ácido sulfúrico (H2SO4), que se forma devido à oxidação do dióxido de enxofre (SO2).

A maioria dos poluentes atmosféricos é gasosa ou existe na forma de aerossóis:

  • Poluentes gasosos. Os poluentes estão na forma gasosa e provêm principalmente da queima de combustíveis fósseis. Por exemplo: dióxido de carbono, monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio, ozônio e smog.
  • Aerossóis. São misturas heterogêneas de partículas sólidas ou líquidas em um gás que, se forem poluentes e se misturarem ao ar, causam danos graves aos organismos vivos e ao meio ambiente. Por exemplo: aerossóis de tinta, inseticidas e aerossóis de CFC.

Principais gases poluentes do ar

  • Clorofluorcarbonos (CFC). Trata-se de um grupo de gases usados principalmente no setor de refrigeração e no isolamento térmico. Possuem uma vida atmosférica muito longa (de 50 a 200 anos). São os principais responsáveis pela destruição da camada de ozônio.
  • Monóxido de carbono (CO). É um gás muito tóxico que pode causar a morte se aspirado em altas doses. É emitido na combustão de gasolina, parafina, carvão, óleo, tabaco e madeira.
  • Dióxido de carbono (CO2). Um gás incolor que existe naturalmente na atmosfera da Terra. É o gás gerado na respiração de organismos aeróbicos. É produzido artificialmente na queima de combustíveis fósseis, aumentando seus níveis na atmosfera, e provocando um aumento no efeito estufa.
  • Dióxido de enxofre (SO2). É um gás altamente irritante. É um dos principais responsáveis pela chuva ácida, uma vez que se transforma em ácido sulfúrico (H2SO4) na atmosfera.
  • Metano (CH4). É um gás incolor que não se dissolve na água. É produzido naturalmente como resultado da decomposição anaeróbica de plantas. Também faz parte do gás natural, e sua concentração varia de acordo com o ambiente de onde é extraído. O metano é um gás de efeito estufa.
  • Ozônio (O3) troposférico. É um gás incolor produzido por uma reação química entre óxidos de nitrogênio e compostos orgânicos voláteis obtidos da queima de combustíveis fósseis. Faz parte do smog e pode causar danos aos seres vivos.
  • Óxidos de nitrogênio (NxOy). É um conjunto de compostos químicos que costumam ser formados como resultado da combustão em altas temperaturas. São produzidos pela combustão de motores de veículos a diesel e também por meio da combustão de carvão, petróleo ou gás natural. Esses gases têm efeitos nocivos à saúde dos seres vivos.

Como evitar a poluição do ar?

Contaminación del aire - energía solar
Utilizar no dia a dia a energia solar ajuda a minimizar a poluição do ar.

Há ações que os cidadãos podem tomar para diminuir a poluição do ar:

  • Optar pelo transporte público ou andar de bicicleta.
  • Sempre que for possível, instalar fontes de energia domésticas não poluentes (energia solar ou eólica).
  • Evitar o uso excessivo de gás e outros combustíveis fósseis para aquecimento e cozimento.

Os governos e várias organizações também podem:

  • Estabelecer uma rede de fontes de energia limpa, como água, energia eólica ou solar, a partir de investimentos estatais ou do incentivo a investimentos privados.
  • Aumentar os espaços verdes, pois as plantas consomem dióxido de carbono e o convertem em oxigênio.
  • Incentivar a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico de combustíveis alternativos aos combustíveis fósseis.

Continue com:

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Poluição do ar. Enciclopédia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/poluicao-do-ar/. Acesso em: 25 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica/Doutora em Ciência e Tecnologia

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 26 fevereiro, 2024
Data de publicação: 26 fevereiro, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)