Ciclo da água

Vamos explicar o que é o ciclo da água e os diferentes processos que o compõe. Além disso, quais são as suas etapas e importância.

Ciclo del agua
O ciclo da água é o processo de circulação da água no planeta.

O que é o ciclo da água?

O ciclo da água ou ciclo hidrológico é o processo pelo qual a água circula pelos diferentes componentes da hidrosfera. A hidrosfera é composta por oceanos, rios, mares, nuvens, chuva, geleiras e outros meios nos quais a água se acumula em seus diferentes estados.

Durante o ciclo da água, ela muda constantemente seu estado de agregação, ou seja, pode passar de líquida para gasosa, de sólida para gasosa, de gasosa para líquida, de gasosa para sólida, de sólida para líquida e de líquida para sólida. Por exemplo:

  • A água em um lago evapora, depois se condensa em nuvens e se precipita de volta no lago.
  • A água em estado gasoso no ar se condensa em nuvens. Se a temperatura baixar, ela se solidifica e se precipita como granizo e se acumula em forma de gelo.
  • A água subterrânea é absorvida pelas plantas e depois expelida para o ar por meio da transpiração. Em seu estado gasoso, ela se condensa no ar e se precipita para depois se infiltrar novamente nas camadas subterrâneas do solo.

Etapas do ciclo da água

O ciclo da água é composto por diferentes processos, que estão relacionados entre si e com os seres vivos:

Formação de água gasosa

  • Evaporação. Consiste na transformação da água dos oceanos, rios, lagos e mares em vapor de água devido ao aumento da temperatura.
  • Transpiração. O vapor de água é formado devido à transpiração das plantas e ao suor dos animais.
  • Sublimação. Consiste na transformação da água sólida que forma as geleiras em água gasosa.

Condensação. É o processo que ocorre quando a água gasosa se condensa na atmosfera, formando pequenas gotículas devido à diminuição da temperatura. Dessa forma, formam-se as nuvens.

Precipitação. É o processo que ocorre quando as gotículas de água que formam as nuvens se resfriam e se combinam entre si, causando a formação de gotículas maiores, que caem em direção à superfície da Terra.

Infiltração. É o processo que ocorre quando a água cai na superfície terrestre. Devido à precipitação, ela passa pelos poros da superfície e começa a se tornar água subterrânea. A água infiltrada pode retornar à atmosfera por evaporação ou transpiração das plantas. Também pode subir para os aquíferos.

A infiltração é afetada pela permeabilidade do solo; quando o solo é pouco poroso ou contém muita umidade, a infiltração é reduzida.

Escoamento. É o processo pelo qual a água escorre da superfície da terra quando transborda do reservatório natural em que se encontra. Essa água é um dos principais meios de transporte de sedimentos e nutrientes necessários para as plantas e alguns animais, por isso é de vital importância que ela não seja contaminada. Além disso, o escoamento é uma das causas da erosão do solo, especialmente quando os solos são pouco permeáveis.

Fusão. Ocorre quando a água sólida é transformada em água líquida devido a um aumento na temperatura. Esse é o caso quando a neve derrete e se transforma em água.

Solidificação. É o processo pelo qual a água líquida é transformada em água sólida (gelo). Ocorre nas nuvens: quando a temperatura diminui muito, a água condensada nas nuvens se transforma em gelo e se precipita na forma de neve ou granizo.

Importância do ciclo da água

O ciclo da água garante que a água seja reutilizada repetidamente pelos organismos vivos.

Pelo fato de a água ser transformada de um estado de agregação para outro durante o ciclo da água, é possível que esse recurso seja constantemente transformado de outros estados de agregação para o estado líquido (o mais utilizado pelos seres vivos), garantindo que não se esgote.

Entretanto, é extremamente necessário evitar a contaminação da água em qualquer estado de agregação, pois a água contaminada geralmente não pode ser purificada e reutilizada.

Por meio desse ciclo, é possível que a água transporte compostos químicos e nutrientes que são usados por animais, seres humanos e plantas.

Nascentes e fluxos de água subterrânea

Ciclo del agua - manantial
As nascentes podem ser fontes de água potável.

As nascentes são a saída de água subterrânea para a superfície ou para áreas próximas à superfície, que podem ser usadas por animais e seres humanos. Como essa água foi filtrada pelas várias camadas do solo, as nascentes podem ser fontes de água potável.

As nascentes são formadas quando a água da chuva se infiltra em uma área mais alta do que a área onde a água da nascente emerge. Por isso, é muito importante evitar a contaminação das águas superficiais, para que a água contaminada não se infiltre e contamine a nascente.

Por outro lado, os fluxos de água subterrânea podem desembocar em rios, lagos ou mares, sem antes chegar à superfície.

Mares e oceanos

Os mares são corpos de água localizados adjacentes aos oceanos, ainda que às vezes possam fazer parte deles. Em geral, os mares são parcialmente cercados por terra.

Os mares e oceanos são o maior reservatório de água do planeta, sendo responsáveis por aproximadamente 97% da água do mundo. Contudo, é importante ressaltar que essa água não pode ser ingerida pelos seres humanos, pois contém cloreto de sódio (NaCl), ou seja, é água salgada.

Além do sódio e do cloro, na água dos oceanos foram encontrados outros elementos, como o magnésio e o bromo, que atualmente são explorados para uso comercial.

Referências

  • “¿Qué son los manantiales de agua?” Em: iAgua Acesso em: 19 de outubro de 2022.
  • “Hidrósfera” Em: Wikipedia. Acesso em: 19 de outubro de 2022.
  • “Mar y océano” Em: EcoExploratorio. Acesso em: 19 de outubro de 2022.
  • “Importancia del Ciclo del Agua” Em: Importancia. Acesso em: 19 de outubro de 2022.

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

ONDARSE ÁLVAREZ, Dianelys. Ciclo da água. Enciclopédia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/ciclo-da-agua/. Acesso em: 9 julho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Dianelys Ondarse Álvarez

Licenciada em Radioquímica/Doutora em Ciência e Tecnologia

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 26 fevereiro, 2024
Data de publicação: 4 setembro, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)