Poluição

Vamos explicar o que é a poluição e quais são as suas causas e consequências. Além disso, suas características gerais e soluções.

contaminación
Existem constantemente agentes nocivos aos seres vivos no ambiente.

O que é a poluição?

A poluição é a presença de substâncias ou materiais que causam efeitos adversos diretos ou indiretos na saúde humana e nos seres vivos em geral no meio ambiente.

Ocorre quando os ecossistemas naturais não conseguem absorver e eliminar as substâncias que recebem, e dessa forma começam a se acumular. A poluição pode exercer efeitos graves e duradouros sobre as pessoas, a vida selvagem, a flora, e sobre o solo e a água.

A poluição pode ser causada por muitas atividades humanas, por exemplo, a queima de combustíveis fósseis, a produção e o descarte de resíduos, o uso de agroquímicos na agricultura e a atividade industrial.

A poluição pode ser classificada segundo o meio em que se concentra: ar, solo ou água. Nas últimas décadas, a poluição também foi classificada com base no aspecto do ecossistema que ela modifica: luminosa, sonora ou térmica.

Causas da poluição

Contaminación - basura
O acúmulo de plásticos na água do mar representa um grave problema ambiental.

Desde a Revolução Industrial, nos séculos XVIII e XIX, a poluição tem se intensificado no mundo inteiro. Com o surgimento da máquina a vapor e outros avanços tecnológicos, registrou-se um aumento significativo na produção industrial e na queima de combustíveis fósseis.

Durante esse período, as indústrias passaram a produzir em massa, o que levou a um aumento de resíduos e poluentes. Adicionalmente, a queima de combustíveis fósseis, como carvão e petróleo, aumentou de forma significativa. No final do século XIX, muitas cidades, principalmente na Europa, já estavam começando a apresentar altos níveis de poluição do ar, do solo e da água.

Durante o século XX, a poluição se intensificou no mundo inteiro. O aumento da população mundial levou à necessidade de produzir mais alimentos, e a quantidade de agroquímicos usados na prática agrícola intensiva também aumentou os níveis de poluição.

No entanto, o aumento dos padrões de consumo nos países mais desenvolvidos resultou em um aumento considerável da produção industrial, o que teve um impacto negativo sobre o meio ambiente, especialmente nas grandes cidades.

Atualmente, os níveis de poluição que o planeta está enfrentando são alarmantes e produzem alterações ecológicas e ambientais que afetam todos os seres vivos que habitam a Terra.

Poluição atmosférica (ou do ar)

Contaminación atmosférica
A poluição atmosférica é um dos principais problemas ambientais.

A poluição atmosférica é a presença de substâncias tóxicas e poluentes na atmosfera, que podem afetar os seres humanos, os ecossistemas e o clima. É causada principalmente pela queima de combustíveis fósseis, pela indústria, pela agricultura, pelo transporte e pela produção de energia.

Os principais gases poluentes emitidos por essas atividades são os seguintes:

  • Dióxido de carbono (CO₂). É um dos principais gases de efeito estufa emitidos na atmosfera. É produzido pela queima de combustíveis fósseis, como petróleo, gás natural e carvão.
  • Metano (CH). Esse é outro gás de efeito estufa muito importante. É produzido pela decomposição de matéria orgânica. A matéria fecal dos animais provenientes da criação de gado e o acúmulo de resíduos orgânicos são a principal fonte de emissões de metano no planeta.
  • Monóxido de carbono (CO). É um gás inodoro e incolor emitido sobretudo pela combustão incompleta de combustíveis em veículos e equipamentos de aquecimento.
  • Óxido de nitrogênio (NOx). É emitido principalmente por veículos, por usinas de energia e pela indústria. Contribui para a formação de smog e de chuva ácida.
  • Dióxido de enxofre (SO). É emitido predominantemente pela indústria. Também contribui para a formação de chuva ácida.
  • Clorofluorcarbono (CFC). É emitido por aparelhos de refrigeração, como geladeiras e ares-condicionados, e por aerossóis. Sua emissão praticamente parou porque se constatou que ele afeta negativamente a camada de ozônio.

Poluição do solo

Todos os seres vivos dependem do equilíbrio orgânico e inorgânico do solo, já que é dele que nascem as plantas, que dão início à cadeia alimentar. A poluição do solo pode ter efeitos negativos sobre as plantas e os animais, assim como sobre as pessoas que consomem alimentos produzidos em solos contaminados.

A poluição do solo é causada principalmente em decorrência do:

  • Despejo de resíduos tóxicos. O tratamento inadequado de produtos químicos, metais e óleos pode poluir seriamente o solo.
  • Uso de agroquímicos. A utilização inadequada de herbicidas, pesticidas e fertilizantes na agricultura é uma das principais causas de poluição do solo em ambientes rurais.

A presença de tóxicos no solo também pode resultar na contaminação das camadas de água subterrânea.

Poluição hídrica (ou poluição das águas)

contaminación hídrica
As fábricas costumam usar os rios para descartar substâncias químicas.

A poluição da água é a presença de substâncias ou materiais na água que podem causar efeitos adversos à saúde humana, à vida aquática e ao meio ambiente em geral.

Considera-se que a água está poluída quando ela é imprópria para o consumo humano ou animal. Desde o início da industrialização, as fábricas têm usado os rios para descartar os produtos químicos provenientes de sua atividade econômica. Nos últimos dois séculos, isso aumentou os níveis de poluição da água mundialmente.

Muitas cidades também despejam seus resíduos de esgoto na água. Quando esses resíduos não recebem tratamento adequado, podem conter bactérias, vírus e produtos químicos que são muito perigosos à saúde. Diversas das epidemias mais graves da história foram desencadeadas pelo consumo de água contaminada, por exemplo, a epidemia de cólera em Paris, em meados do século XIX.

Poluição radioativa (ou nuclear)

contaminación radiactiva
A poluição radioativa afeta a genética dos seres vivos.

A poluição radioativa é causada principalmente por indústrias associadas à energia nuclear, mas também pelo uso militar de bombas nucleares, cuja contaminação radioativa persiste por muito tempo após a detonação. A contaminação radioativa também pode ser causada por acidentes nucleares, como o acidente de Chernobyl em 1986 ou o acidente em Goiânia com o césio-137 em 1987.

A exposição a altos níveis de radiação pode causar queimaduras na pele e danificar o material genético das células. Esse último leva a doenças e malformações genéticas que podem ser transmitidas ao longo das gerações. No Japão, ainda hoje, pessoas nascem com malformações genéticas como resultado da detonação das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki em 1945.

Poluição luminosa

contaminación lumínica
A poluição luminosa impossibilita a visualização do céu noturno do jeito que ele é.

A poluição luminosa é o excesso de luz artificial no ambiente. Isso pode trazer consequências negativas para a saúde humana e dos animais. Além de impedir a visão do céu noturno, provoca alterações nos ritmos e ciclos de sono das pessoas e afeta significativamente os ecossistemas noturnos, pois muitas espécies animais dependem dos ciclos de luz e escuridão para seu equilíbrio biológico.

A principal causa da poluição luminosa é a iluminação artificial usada nas cidades e nas áreas urbanas, como luzes de rua, edifícios, monumentos e outdoors.

Poluição térmica

Define-se “poluição térmica” como um aumento na temperatura do ar ou da água resultante de atividades humanas. A emissão de calor das fábricas e a construção de infraestrutura urbana, como ruas e rodovias, aumentam a temperatura ambiental e geram poluição térmica.

A derrubada de árvores, florestas e elementos que proporcionam sombra também contribui para o aumento da poluição térmica. O aumento da temperatura da água nos rios, nos lagos e nos oceanos também pode ser causado pela remoção de árvores, pela urbanização e pelo uso da água para resfriar usinas nucleares e outros processos industriais.

A poluição térmica pode ter efeitos adversos sobre a saúde dos seres vivos. Pode levar à morte de espécies aquáticas, à diminuição da qualidade da água e à proliferação de algas. O aumento da temperatura do ar pode causar doenças respiratórias nas pessoas e até mesmo mortes por ondas de calor nos meses de verão.

Consequências da poluição

A poluição é uma das maiores ameaças à vida no planeta. Afeta tanto os seres humanos quanto os animais e as plantas. Os efeitos da poluição podem se manifestar de forma imediata, mas também em longo prazo.

A exposição a gases tóxicos pode causar problemas respiratórios, doenças cardiovasculares e inclusive câncer. A poluição do ar também pode afetar as plantações e a biodiversidade e provocar mudanças nos padrões e ciclos climáticos.

Pode também levar à deterioração da vida aquática. Os resíduos industriais e domésticos podem poluir rios, lagos e oceanos e fazer com que a água se torne tóxica para animais e seres humanos. A ingestão de água contaminada pode causar doenças como cólera, disenteria e febre tifoide.

Por sua vez, os produtos químicos tóxicos e os resíduos perigosos podem se infiltrar no solo e afetar as plantações e a vida animal. Os seres humanos também podem ser afetados pela ingestão de alimentos contaminados.

Além disso, a poluição pode afetar a biodiversidade, alterando os ecossistemas naturais e reduzindo a capacidade dos seres vivos de se adaptarem às mudanças ambientais. A poluição também pode afetar o equilíbrio ecológico ao alterar os ciclos naturais de nutrientes e água.

Possíveis soluções para a poluição

contaminación
Transladar-se em bicicleta ajuda a reduzir a poluição.

Desde a Conferência de Estocolmo, em 1972, Estados do mundo inteiro têm se reunido periodicamente com o intuito de elaborar estratégias para reduzir os níveis de poluição em escala global. Nas últimas décadas, porém, as condições ambientais do planeta pioraram sistematicamente. Isso se deve ao fato de que as empresas não cumprem suas metas de redução da poluição e os controles estatais são deficientes.

Algumas das estratégias que os especialistas em poluição ambiental sugerem para melhorar as condições de vida no planeta incluem:

  • Promover o uso de energias renováveis. Energias como a solar ou a eólica, em detrimento dos combustíveis fósseis, podem contribuir para reduzir os níveis de poluição atmosférica.
  • Promover a eficiência energética. O uso de tecnologias mais limpas e sustentáveis na indústria pode contribuir para reduzir a produção e a emissão de gases poluentes resultantes da produção de energia elétrica e combustíveis.
  • Implementar medidas de reciclagem e gestão adequada de resíduos.Melhorar a gestão de resíduos pode ajudar a reduzir a quantidade de resíduos urbanos e minimizar seu impacto ambiental.
  • Promover a educação ambiental. Práticas educacionais voltadas para a educação ambiental ajudam a reforçar a importância do cuidado com o meio ambiente nas escolas, assim como nas esferas pública e privada.
  • Incentivar a pesquisa. O desenvolvimento de tecnologias mais avançadas e menos poluentes, bem como a implementação de políticas públicas para regular e controlar as emissões de poluentes, também podem contribuir para melhorar as condições ambientais do planeta.
  • Reduzir o uso de carros particulares. Incentivar o uso de transporte público e de veículos como bicicletas contribui para que haja menos carros nas ruas e para a redução das emissões de gases poluentes.

Referências

  • DKV (2022). La contaminación radiactiva: qué es, por qué se produce, cuáles son sus consecuencias. DKV
  • Instituto para la Salud Geoambiental (s.f). La contaminación atmosférica provoca unas 400.000 muertes prematuras en Europa. SaludGeoambiental
  • Ecolec (2021). ¿Qué es la contaminación hídrica? Ecolec
  • FAO (2018). La contaminación de los suelos está contaminando nuestro futuro. FAO
  • Martín, E (2022). La contaminación térmica. Causas y consecuencias. Narasolar
  • UNAM (s.f). Contaminación lumínica. UNAM

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Poluição. Enciclopédia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/poluicao/. Acesso em: 7 junho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 27 fevereiro, 2024
Data de publicação: 31 agosto, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)