Era Mesozoica

Vamos explicar o que foi a era Mesozoica, como está dividida e suas características. Além disso, seu clima, flora e fauna.

era mesozoica
A Era Mesozoica também é conhecida como “a era dos dinossauros”.

O que foi a Era Mesozoica?

A Era Mesozoica é uma das três eras que compõem o Éon Fanerozoico, com as Eras Paleozoica (anterior) e Cenozoica (posterior). Começou há 248 milhões de anos e terminou há 65 milhões de anos, por isso teve uma duração total de 183 milhões de anos.

No Mesozoico, o mundo esteve sob o domínio dos dinossauros, por isso é conhecido como “a era dos dinossauros”. Divide-se em três períodos: o Triássico, o Jurássico e o Cretáceo, que fecha a era.

Do ponto de vista geológico, começa a separação de Pangea, o único supercontinente que existia na época. Assim, os continentes começam a se afastar e a se mover lentamente para as suas posições atuais.

Climaticamente foi uma era em mudança, com momentos de menor temperatura e umidade, e outros muito úmidos e quentes, que contribuíram para formar extensas superfícies de bosques e florestas.

O nome Mesozoico significa “forma de vida intermediária” (do grego meso, “entre”, e zoe, “forma de vida” ou “animal”), já que se encontra entre a “forma de vida antiga” (Paleozoico, do grego palaio, “velho”) e a “forma de vida nova” (Cenozoico, do grego kainos, “novo”).

Características da Era Mesozoica

As principais características são:

  • Começou há 248 milhões de anos e terminou há 65 milhões de anos.
  • Divide-se em três períodos: o Triássico, o Jurássico e o Cretáceo.
  • É conhecida como “a era dos dinossauros”.
  • Teve um clima predominantemente quente e úmido, com exceção do período Triássico, que foi mais seco.
  • No Jurássico começa a separação do supercontinente Pangea.
  • Aparecem os primeiros mamíferos, os insetos e as plantas com flores.
  • Termina quando ocorre o evento de extinção em massa chamado K-Pg, no qual desaparecem os dinossauros e muitas outras espécies.

Divisão da Era Mesozoica

O Mesozoico é dividido em três grandes períodos:

  • Período Triásico. Começou há 248 milhões de anos e terminou há 206 milhões de anos. No Triássico existia um único supercontinente chamado Pangea, que é o que daria lugar a todos os continentes da atualidade. Aparecem sobre a terra os primeiros dinossauros, geralmente bípedes e carnívoros, bem como os primeiros mamíferos, provenientes dos répteis.
  • Período Jurássico. Começou há 206 milhões de anos e terminou há 144 milhões de anos. No Jurássico proliferam os dinossauros e reinam sobre o planeta. Além disso, começa a separação de Pangea.
  • Período Cretáceo. Começou há 144 milhões de anos e terminou há 65 milhões de anos. Com 79 milhões de anos de duração, é o período mais extenso da história geológica do planeta. No Cretáceo, os dinossauros diversificam-se ainda mais e alcançam as formas mais complexas da sua história evolutiva. Além disso, as primeiras aves apareceram e os mamíferos diversificam-se.

Geologia da Era Mesozoica

No início da Era Mesozoica, os continentes estavam unidos em um único supercontinente chamado Pangea, que nesta era começa a se dividir em dois grandes sub continentes: Laurásia ao norte e Gondwana ao sul.

Este supercontinente estava rodeado por dois mares: Panthalassa, que ocupava grande parte do planeta, e Tétis, no interior da Pangea. Quando a África e a Europa se separaram da América, o Oceano Atlântico começou a se formar e, quando a África se separou da Ásia, formou-se o Oceano Índico.

No final da era, as temperaturas eram elevadas, o que provocou o aumento do nível dos oceanos e muitas zonas continentais ficaram cobertas de água. Isto contribuiu, juntamente com o movimento dos continentes, para a formação de mares internos, o que, por sua vez, permitiu o aumento da umidade em grande parte do planeta.

Clima da Era Mesozoica

Era Mesozoica
A temperatura global aumentou no final da Era Mesozoica.

O clima durante o Mesozoico variou consideravelmente. No início, durante o período Triássico, foi quente e seco, herança da era anterior. Esta característica favoreceu a formação de desertos e a predominância de climas áridos no interior de Pangea, com extensas zonas afastadas da umidade dos oceanos.

Durante o período Jurássico, o clima se tornou mais úmido, com altas temperaturas e abundantes precipitações. Com o início da separação dos continentes, os desertos do interior da Pangea ganharam umidade, e as florestas tropicais e subtropicais proliferaram em grande parte do planeta.

No final da Era Mesozoica, durante o Cretáceo, o clima permaneceu úmido e as temperaturas aumentaram em relação ao Jurássico. As concentrações de gases com efeito estufa, especialmente dióxido de carbono, foram mais elevadas durante este período do que as anteriores da era. Esta situação pode ter contribuído para o aumento das temperaturas globais.

Fauna da Era Mesozoica

era mesozoica fauna
Apesar de existirem mamíferos e aves, os dinossauros dominavam o planeta.

Como o Mesozoico começou após a extinção em massa do Pérmico-Triássico, as condições foram propícias ao aparecimento de novas espécies, tanto animais como vegetais. Este nicho ecológico, onde não havia grandes predadores, foi aproveitado pelos répteis e depois pelos dinossauros.

Assim, os dinossauros foram a forma de vida predominante durante todo o Mesozoico, tanto na terra como no ar e no mar. Alguns eram enormes e lentos herbívoros, enquanto outros eram pequenos e velozes predadores carnívoros.

Além disso, a evidência mostra a existência de uma grande diversidade de insetos e aracnídeos, que, devido aos elevados níveis de oxigênio na atmosfera, cresceram até serem muito maiores do que os que conhecemos hoje.

No final da era, os mamíferos começaram a proliferar, embora sempre em proporções muito minoritárias em comparação com os dinossauros. Também apareceram várias aves e plantas com flores, o que permitiu o surgimento de insetos polinizadores como as abelhas.

O fim da era ocorre quando o evento de extinção massiva chamado K-Pg, momento em que desaparecem todos os dinossauros de terra e mar, e grande parte de outras espécies, de uma maneira repentina, começa. A hipótese mais plausível é que um meteorito caiu em Iucatã, México.

Flora da Era Mesozoica

No início do período Triássico, o clima era quente e seco. A flora era dominada por fetos e palmeiras nas zonas quentes de Gondwana e por plantas coníferas nas zonas mais temperadas de Laurásia.

O aumento dos níveis de umidade durante o período Jurássico permitiu a expansão da vegetação ao longo dos novos subcontinentes. Os desertos tornaram-se zonas mais úmidas e proliferaram os bosques e as florestas.

O grande evento evolutivo em matéria vegetal se deu no final do período Cretáceo: surgiram as angiospermas, ou seja, as plantas com flores, como nova forma botânica.

O trabalho dos insetos foi fundamental nos processos de polinização. Como a primeira abelha da história apareceu na Era Mesozoica, durante o Período Cretáceo, acredita-se que os insetos e as angiospermas evoluíram em conjunto.

Referências

  • Ferrando Castro, M. (2018). ¿Qué fue la extinción masiva del Triásico-Jurásico?. RedHistoria. https://redhistoria.com/
  • Fisher, A. (2022). Así fue el período Cretácico: la era en la que el cambio climático acabó con el dominio de los dinosaurios. National Geographic en Español.  https://www.ngenespanol.com/
  • Mundo Prehistórico. (s.f.). Fauna Jurásico. Los dinosaurios. https://www.mundoprehistorico.com/
  • Museo de La Plata. (s.f.). La era Mesozoica: edad de los reptiles. Facultad de Ciencias Naturales y Museo, Universidad Nacional de La Plata. https://www.museo.fcnym.unlp.edu.ar/
  • Pérez López, A. (2022). Triásico. Departamento de Estratigrafía y Paleontología, Universidad de Granada. https://wpd.ugr.es/
  • Tarbuck, E. y Lutgens, F. (2005). Ciencias de la Tierra. Una introducción a la geología física. Pearson Educación.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Era Mesozoica. Enciclopedia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/era-mesozoica/. Acesso em: 27 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 26 fevereiro, 2024
Data de publicação: 19 janeiro, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)