Brasil

Vamos explicar tudo sobre o Brasil, suas características, história e cultura. Além disso, sua flora, fauna, economia, geografia e muito mais.

Brasil
O Brasil é o quinto país mais extenso do mundo.

Brasil

O Brasil é um Estado-nação cujo nome oficial é República Federativa do Brasil. É o maior país da América do Sul e o quinto país do mundo em extensão, depois da Rússia, China, Canadá e Estados Unidos. Faz fronteira com todos os países da América do Sul, exceto com o Chile e com o Equador. Limita-se ao norte com a Guiana, o Suriname, a Guiana Francesa, a Venezuela e a Colômbia, a oeste com o Peru e a Bolívia e ao sul com o Paraguai, a Argentina e o Uruguai. Sua capital é a cidade de Brasília.

O Brasil tem 203 100 000 habitantes e é o país mais populoso da América Latina. Foi conquistado por Portugal e, após sua independência, manteve o português como idioma oficial, exceto em algumas populações indígenas que ainda mantêm seu idioma original e vivem em regiões remotas da Amazônia.

O Brasil é dividido em 26 estados, mais o Distrito Federal de Brasília. O maior deles é o estado do Amazonas, situado na região norte do país, com 1 577 000 quilômetros quadrados. É tão grande que, se fosse um país, seria o terceiro maior da América do Sul, depois do Brasil e da Argentina.

Por que recebeu este nome? O nome “Brasil” é um termo português derivado do termo “pau-brasil”, uma espécie de árvore (Caesalpinia echinata). O nome “Brasil” foi inicialmente usado para se referir à madeira dessa árvore, que era muito valorizada na Europa por sua cor avermelhada e por sua utilidade na fabricação de corantes e madeiras nobres. Os primeiros exploradores portugueses começaram a comercializar a madeira do pau-brasil. Com o tempo, o nome da árvore passou a designar o território e seus habitantes.

Características do Brasil

  • Sua população é de 203 100 000 habitantes.
  • Sua área é de 8 514 000 km2, o que representa uma densidade populacional de 23,8 habitantes por km2.
  • Sua capital é a cidade de Brasília, que tem uma população de 3 500 000 habitantes.
  • O idioma oficial é o português e a religião predominante é a protestante.
  • O clima predominante é quente e tropical.
  • O pico mais alto é o Pico da Neblina, com 2995 metros de altura.
  • O rio mais importante do país é o Amazonas, o mais longo do mundo, com 6400 quilômetros.
  • Suas atividades econômicas mais importantes são a agricultura, a indústria e o turismo.
  • É o maior produtor mundial de café e cana-de-açúcar.
  • A feijoada e a caipirinha são características de sua gastronomia.
  • A moeda oficial é o real.

Extensão territorial, população e capital do Brasil

São Paulo é o estado mais populoso do Brasil, com 44,4 milhões de habitantes.

O Brasil ocupa uma área de 8 514 000 quilômetros quadrados, o que o torna o maior país da América do Sul e o quinto maior do mundo. Tem uma população de 203 100 000 habitantes e uma densidade populacional de 32,8 habitantes por quilômetro quadrado.

O Brasil é dividido em 26 estados, mais o Distrito Federal de Brasília. Os estados mais populosos são São Paulo, com 44,4 milhões de habitantes, Minas Gerais, com 20,5 milhões e Rio de Janeiro, com 16 milhões.

A capital do Brasil é a cidade de Brasília. Sua população é de 3 500 000 habitantes, o que representa 1,7% da população total do país. Brasília foi fundada em 1960 com a intenção de desenvolver uma capital longe dos grandes centros urbanos de São Paulo e Rio de Janeiro. Por isso, tem tão pouca supremacia urbana em relação à população total do país.

Clima, relevo e hidrografia do Brasil

brasil selva amazonica
A floresta amazônica cobre uma área de 7 milhões de km2.

O clima predominante no Brasil é o tropical quente com três variações: equatorial no norte, tropical de monções em algumas regiões centrais e tropical de savana no centro e no sul do país.

Nas regiões centrais do território, as chuvas são abundantes durante os meses de verão, de novembro a abril. As chuvas geralmente acumulam entre 1000 e 1500 milímetros por ano, embora variem de acordo com a região e tenham a tendência de ser muito abundantes na região amazônica (entre 2000 e 3000 milímetros por ano).

No extremo sul, o clima é temperado subtropical úmido. Em partes do nordeste, que estende da Bahia até o litoral de Natal e São Luís, o clima é quente e semiárido.

O relevo do Brasil é caracterizado por três estruturas distintas:

  • A planície amazônica. Esse é o relevo predominante do centro e do norte do Brasil. É uma planície baixa e ondulada formada pela bacia do rio Amazonas e suas centenas de rios e afluentes.
  • O maciço de Brasília. É o relevo predominante do leste e do sul do Brasil. Consiste em relevos antigos e erodidos de baixa altitude. Algumas encostas baixas e rochas têm até 3 bilhões de anos.
  • O escudo guianense. É o relevo mais alto do país e está localizado no norte, na fronteira com a Guiana. Seu pico mais alto é o Pico da Neblina, a 2995 metros acima do nível do mar.

O país tem um grande sistema fluvial que é drenado pelo rio Amazonas, o mais extenso e abundante rio do mundo, que também passa pelo Peru e pela Colômbia. Além disso, há vários rios e riachos menores que desaguam no oceano Atlântico.

Flora e fauna do Brasil

brasil flora y fauna
A floresta amazônica é rica em biodiversidade.

A flora e a fauna do Brasil têm mais biodiversidade do que qualquer outro país do planeta, especialmente na floresta amazônica. É a maior floresta tropical do mundo, cobrindo quase 7 milhões de km2.

A vegetação é muito vasta, com árvores como a palmeira, o cedro rosa, o mogno, a seringueira, a pitangueira, a castanheira-do-pará, o pé de canela e o guaranazeiro. Há também plantas como a orquídea, a bignônia, o lírio e a vitória-régia. Muitas das espécies de plantas são frutíferas ou têm folhas para uso medicinal.

A diversidade de ecossistemas também abriga inúmeras espécies de animais, como o boto-cor-de-rosa, o bicho-preguiça, o macaco sagui, a sucuri-verde, o tucano, a arara, o lagarto, o jacaré-preto, a enguia elétrica (poraquê), o pirarucu e a rã-flecha-azul.

Cultura do Brasil

O carnaval e a capoeira são elementos centrais da tradição musical brasileira.

A cultura brasileira é caracterizada pela influência de culturas indígenas, africanas, europeias, tais como a italiana, a alemã e a polonesa, e de outros países, como o Japão (Brasil abriga a maior colônia japonesa fora do Japão).

O idioma oficial do Brasil é o português, que é falado pela maioria da população. Além disso, são faladas mais de 150 línguas indígenas (algumas faladas por um número muito pequeno de pessoas), incluindo tikuna e kaiowá. A religião predominante é a católica, praticada por mais de 50% da população, e, em menor escala, a evangélica, praticada por aproximadamente 30%.

Um dos principais reflexos da diversidade cultural do Brasil é a música: a influência africana no samba, no choro, no axé ou a bossa nova, por exemplo, são alguns gêneros representativos. Seus principais expoentes são Tom Jobim, Caetano Veloso, Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Gilberto Gil, Elis Regina e Gal Costa, entre outros.

O carnaval e a capoeira são elementos centrais da tradição musical brasileira. O carnaval ganhou reconhecimento mundial devido à impressionante exibição das festividades e à qualidade do espetáculo das diversas escolas de samba ou blocos que desfilam ao som de músicas típicas.

A capoeira, por sua vez, originou-se como uma técnica de arte marcial e acabou se tornando expressão da cultura nacional no Brasil. Atualmente, combina técnicas de luta com danças folclóricas de influência africana e é uma das representações mais reconhecidas da cultura brasileira no mundo.

No campo da literatura destacam-se escritores como Joaquim Maria Machado de Assis, considerado o maior expoente da literatura brasileira, José Mauro de Vasconcelos, reconhecido mundialmente por sua obra Meu Pé de Laranja Lima, Clarice Lispector, que nasceu na Ucrânia, mas viveu no Brasil desde os dois anos de idade, Jorge Amado, Carolina Maria de Jesus, Adélia Prado e Itamar Vieira Júnior.

Na pintura, são conhecidas as pintoras Tarsila do Amaral e Lygia Clark, e os pintores Victor Meirelles e Candido Portinari; na escultura, Aleijadinho; na arquitetura, Oscar Niemeyer, que introduziu a curva no cenário da arquitetura moderna mundial.

A culinária brasileira reflete a diversidade cultural do país. Seus pratos e bebidas se destacam pela variedade de ingredientes e combinações de diferentes partes do mundo.

Entre os pratos típicos estão a feijoada, o acarajé, o arroz carreteiro, a coxinha. Quanto às bebidas alcoólicas, a caipirinha é o coquetel mais conhecido do Brasil. Outra bebida popular é o refrigerante de guaraná (fruta nativa da Amazônia). O café também tem um lugar de destaque.

Símbolos patrióticos do Brasil

A bandeira do Brasil foi adotada em 1889.

Os símbolos patrióticos do Brasil são os seguintes:

  • A Bandeira. É composta por um fundo verde com um losango amarelo. Dentro do losango há um círculo azul com a frase “Ordem e Progresso” e 27 estrelas brancas. Foi adotada como bandeira oficial em 19 de novembro de 1889, embora as estrelas tenham sido acrescentadas ao longo do tempo. A atual Bandeira de 27 estrelas foi adotada em 1992.
  • O Hino. Sua música foi composta por Francisco Manuel da Silva e a letra por Joaquim Osório Duque Estrada. Foi adotado como o Hino Nacional oficial em 1890.
  • O Brasão de Armas. O brasão de armas brasileiro foi adotado em 1889. Consiste em um círculo azul claro com 5 estrelas brancas formando o Cruzeiro do Sul, cercado por 27 estrelas brancas. Este círculo é circundado por uma estrela de cinco pontas verde e amarela com bordas vermelhas e é atravessado por uma espada branca. Abaixo do escudo há uma fita azul clara com letras amarelas com a inscrição “República Federativa do Brasil – 15 de novembro de 1889” e, nas laterais, uma planta de café e uma planta de tabaco.

Atividades econômicas do Brasil

A economia do Brasil é a mais desenvolvida da América do Sul e é uma das mais importantes do mundo. Suas principais atividades econômicas são:

  • A agricultura. É uma das principais atividades de exportação do país. O Brasil é o maior produtor mundial de café e de cana-de-açúcar, e o segundo maior produtor de soja e de frutas cítricas.
  • A indústria. As principais indústrias desenvolvidas no país são a automotiva, a petroquímica, a têxtil e a de alimentos e de bebidas.
  • O turismo. O país recebe cerca de sete milhões de turistas estrangeiros por ano, que escolhem como destino Salvador, as praias de Santa Catarina, as Cataratas do Iguaçu (uma das 7 maravilhas naturais do mundo, compartilhada com a Argentina), e o Rio de Janeiro (onde se encontra uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno: o Cristo Redentor).
  • Sua moeda oficial é o real, e seus principais parceiros comerciais são a China, os Estados Unidos e a Argentina. É membro do Mercosul, ao lado da Argentina, do Uruguai, do Paraguai e da Venezuela.

História do Brasil

Brasil
D. Pedro I proclamou a independência e tornou-se imperador do Brasil em 1822.

O Brasil era habitado por vários grupos indígenas, principalmente da família linguística tupi-guarani, quando foi invadido pelos europeus a partir de 1500.O português Pedro Álvares Cabral reivindicou o território para Portugal e, em 1532, os portugueses estabeleceram sua primeira colônia e criaram plantações de cana-de-açúcar ao longo da zona litorânea.

As plantações empregavam mão de obra escrava, inicialmente indígena e depois trazida da África (a escravidão no Brasil foi totalmente abolida somente em 1888). Nos séculos XVII e XVIII, os portugueses descobriram grandes reservas de ouro e diamantes no Brasil e aceleraram sua expansão no território, extraindo os recursos e levando-os à Lisboa.

Em 1789, teve início o primeiro movimento brasileiro, que tentou se revoltar contra o Reino de Portugal, mas sem sucesso. Em 1807, a invasão napoleônica a Portugal fez com que a família real fugisse para o Brasil.O príncipe regente, D. João estabeleceu sua corte no Rio de Janeiro e implementou algumas reformas.

Após a derrota de Napoleão em 1814, D. João decretou a criação do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, o que deu ao Brasil o status de “reino”. Quando sua mãe morreu, em 1816, ele se tornou o rei João VI e, em 1821, nomeou seu filho Pedro como regente no Brasil e retornou a Portugal.

As Cortes de Lisboa tentaram restabelecer a ordem colonial no Brasil, mas D. Pedro ficou do lado dos brasileiros opositores. Em 1822, ele declarou a independência do Brasil e se autoproclamou imperador. Entretanto, após um resultado adverso na guerra contra as Províncias Unidas do Rio da Prata (1825–1828), D. Pedro I abdicou em favor de seu filho, Pedro II, que foi derrubado por um golpe militar em 1889 e o Brasil se tornou uma república federal.

Em 1930, um golpe colocou Getúlio Vargas no poder, que em 1937 instalou um regime autoritário conhecido como Estado Novo. Vargas foi destituído do cargo em 1945 e, após a restauração da democracia, retornou à presidência entre 1950 e 1954. Uma ditadura militar foi instalada em 1964 e a república foi restabelecida em 1985. Desde então, houve uma sucessão de governos democraticamente eleitos.

Continue com:

Referências

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Brasil. Enciclopédia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/brasil/. Acesso em: 27 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 23 abril, 2024
Data de publicação: 23 abril, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)