Antártida (ou Antártica)

Vamos explicar o que é Antártida, como é o clima e o relevo. Além disso, quais são as suas características políticas, econômicas e a história deste continente.

Antártida
A Antártida é o continente que registra as temperaturas mais baixas do mundo.

O que é a Antártida?

A Antártida é um dos seis continentes da Terra e o quarto maior. Possui uma área de quase 14 milhões de quilômetros quadrados e representa 9,4% da área terrestre total da Terra.

Em virtude de sua posição geográfica, a Antártida apresenta condições climáticas extremamente frias, com temperaturas médias entre -10 °C e -30 °C. Também é o continente mais seco do mundo, cuja precipitação anual raramente ultrapassa 200 mm. É também o mais alto, com uma altitude média de 2500 metros acima do nível do mar.

Por que recebeu esse nome? O nome “Antártida” vem da palavra grega Antarktikos, que significa “oposto do Ártico”. Refere-se à posição geográfica da Antártida, que está localizada no extremo sul da Terra, em oposição ao Ártico, que está localizado no extremo norte.

CARACTERÍSTICAS DA ANTÁRTIDA

  • É o continente que apresenta as temperaturas mais baixas do planeta, chegando a -60ºC.
  • A flora é escassa, apenas algumas variedades de fungos, musgos e líquens conseguem se desenvolver.
  • A fauna é escassa no continente, mas abundante na água, com focas, elefantes-marinhos e baleias que migram de acordo com a estação.
  • O pico mais alto da montanha é o Vinson Massif, com 4892 metros.
  • Os rios e lagos são raros. O maior rio é o Onyx, com 32 km de extensão.
  • O território da Antártida é dividido em áreas administradas por países que trabalham e realizam pesquisas durante todo o ano ou somente no verão.

Extensão territorial e população da Antártida

Antártida
No inverno, a área da superfície da Antártida aumenta para 30 milhões de quilômetros quadrados.

O continente antártico tem uma área de superfície de 13,7 milhões de quilômetros quadrados, o que representa pouco menos de 10% da área terrestre do planeta. Durante o inverno, quando as águas do oceano Antártico que rodeiam o continente congelam, sua área pode aumentar para 30 milhões de quilômetros quadrados.

Dependendo de sua forma e características de relevo, a Antártida pode ser dividida em duas grandes regiões:

  • Antártida oriental. Essa é a região mais extensa. Representa 70% da área total. Seu clima é muito frio, podendo chegar a temperaturas abaixo de -60°C. É coberta por uma camada de gelo que, em algumas áreas, pode chegar a 4 mil metros de espessura.
  • Antártida ocidental. É de menor extensão. Fica a oeste da península Antártida. É uma região montanhosa com elevações de mais de 4 mil metros. Por estar mais ao norte e longe do polo Sul, tem um clima menos frio do que a Antártida Oriental.

Em termos de população, não há residentes permanentes na Antártida. Não há cidades ou vilas neste continente, e a população humana que se encontra lá o faz em caráter temporário.

As pessoas que viajam para a Antártida tendem a fazê-lo por períodos limitados de tempo, principalmente para fins de pesquisa. Também é um continente onde se trabalha muito com a preservação ambiental, por isso há limitações rigorosas quanto ao número de pessoas que podem estar presentes.

Estima-se que a população total da Antártida seja de aproximadamente 4 mil pessoas, apesar deste número variar segundo a estação e as necessidades de pesquisa. Essas pessoas vivem e trabalham nas mais de 70 bases de pesquisa permanentes e temporárias localizadas no continente e pertencem a países como Argentina, Chile, Estados Unidos e Inglaterra, entre outros.

Características físico-naturais da Antártida

Antártida
Na Antártida, pinguins, focas e cormorões são bastante comuns.

Na Antártida, as temperaturas são as mais baixas do planeta. A baixa radiação solar, a alta altitude, o afastamento da ação moderadora do mar e os ventos gelados do interior do continente são os fatores que explicam essa característica climática específica.

Nas áreas litorâneas, as temperaturas no verão podem chegar a 0 °C; no interior do platô antártico e nas áreas montanhosas do continente, as temperaturas mínimas no inverno podem chegar a -70 °C. Em relação ao índice pluviométrico, as precipitações são escassas e ocorrem na forma de neve.

A Antártida é o continente mais alto do planeta, com uma altitude média de 2 mil metros acima do nível do mar e uma altitude máxima de 4900 metros no maciço de Vinson.

Enquanto a Antártida Oriental é mais plana, a Antártida Ocidental tem um relevo mais acidentado com várias formações montanhosas. Uma delas é o conjunto de cadeias de montanhas chamado Antartandes, que é a continuação da Cordilheira dos Andes na Antártida.

No que tange às características hidrológicas, praticamente não há rios ou lagos na Antártida. Os poucos que existem estão congelados durante a maior parte do ano ou estão sob os grandes blocos de gelo que cobrem a superfície do continente. O rio mais importante da Antártida é o rio Onyx, que, com apenas 32 quilômetros de comprimento, é o mais longo do continente.

Flora e fauna da Antártida

A flora e a fauna da Antártida são pouco diversificadas. Entre as principais espécies destacam-se as seguintes:

  • Flora. Há pouca vida vegetal na região. A maior parte se resume a vários tipos de fungos, musgos e líquens.
  • Fauna. É escassa no continente, exceto por alguns microrganismos invertebrados, porém abundante nas águas. É possível encontrar focas, elefantes-marinhos e uma variedade de pássaros. Alguns exemplares de baleia azul também podem ser vistos, porém com menor frequência.

Atividades econômicas da Antártida

As atividades econômicas na Antártida são praticamente inexistentes. O trabalho é limitado à pesquisa científica e há poucas atividades comerciais ligadas ao turismo e à pesca.

O turismo é altamente regulamentado, e os turistas costumam visitar o continente em navios de cruzeiro de todo o mundo. Eles chegam à Antártida para ver a vida selvagem, as belas paisagens e as bases de pesquisa.

A pesca é uma atividade altamente regulamentada pela Convenção para Conservação dos Recursos Vivos Marinhos Antárticos (CCAMLR). A pesca é permitida somente em áreas específicas e os limites de captura são definidos para garantir a reprodução e a sustentabilidade das populações de peixes.

A logística também é uma atividade econômica desenvolvida na região. As empresas de transporte de suprimentos e prestadoras de serviços, como a construção e a manutenção de estações de pesquisa, estão presentes na Antártida. Existem, ainda, empresas que oferecem serviços de segurança e resgate de emergência.

Há também, depósitos de carvão, ferro e petróleo, mas sua exploração e exploração econômica são proibidas para preservar o meio ambiente.

Finalmente, estima-se que a Antártida contenha 70% das reservas de água doce do mundo, mas não é permitida a exploração comercial nem industrial desse recurso.

Características políticas da Antártida

Em 1959, o Tratado da Antártida foi assinado com o objetivo de regulamentar as atividades dos 12 países membros.

Uma das características mais peculiares do continente antártico é que nenhum país exerce soberania efetiva sobre seu território. Os assuntos políticos, científicos e econômicos da Antártida são administrados pelos países membros do Tratado da Antártida.

O Tratado da Antártida foi assinado em 1959 em Washington, Estados Unidos. Os doze países signatários, que, consequentemente, têm uma área da Antártida sob sua administração, são:

  • Estados Unidos e Rússia. Fazem parte do Tratado da Antártida porque foram os dois promotores do tratado.
  • Chile, Argentina, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Fazem parte do Tratado da Antártida por serem os países mais próximos da Antártida no mundo.
  • Bélgica, França, Japão e Noruega. Fazem parte do Tratado da Antártida porque já possuíam bases e estações de pesquisa na Antártida antes da assinatura do tratado.
  • Grã- Bretanha. Forma parte do Tratado da Antártida porque possuía territórios coloniais próximos à Antártida.

Os membros do Tratado da Antártida se reúnem todos os anos para discutir questões relacionadas à administração do continente. A tomada de decisões baseia-se em um sistema de consenso, ou seja, nenhuma decisão é tomada a menos que todos os países-membros estejam de acordo.

Esse tratado estabelece e regulamenta as atividades e ações que os países-membros podem realizar no continente. Determina a realização de pesquisas científicas somente para fins pacíficos e proíbe qualquer atividade que possa causar qualquer tipo de deterioração ambiental no continente.

História da Antártida

Em 1773, o capitão britânico James Cook foi o primeiro explorador a chegar ao Círculo Polar Antártico e, em 1820, o explorador russo Fabian Gottlieb von Bellingshausen avistou a costa da Antártida. Nos anos seguintes, exploradores britânicos, americanos e russos continuaram a explorar a região e fizeram descobertas significativas para a época.

Em 1840, o explorador britânico James Clark Ross conseguiu descobrir a plataforma de gelo Ross e o mar de Ross e, em 1895, o explorador norueguês Carsten Borchgrevink estabeleceu a primeira base científica na Antártida.

Várias expedições e descobertas importantes foram feitas na Antártida nas décadas seguintes. A mais significativa foi a expedição do explorador norueguês Roald Amundsen, que se tornou o primeiro ser humano a chegar ao polo Sul em 1911.

Referências

  • Blakemore, E. (2020). ¿Quién descubrió la Antártida? NationalGeographic
  • Fundación Marambio (s.f). Flora y fauna de la Antártida. Marambio
  • Juste, I. (2022). Qué animales viven en el Polo Norte y Sur. EcologiaVerde
  • Ministerio de Relaciones Exteriores, Comercio Internacional y Cultu de la Argentina (s.f). Sobre la Antártida. Cancilleria
  • Secretaría del Tratado Antártico (s.f). El Tratado Antártico. ATS
  • Valverde, S. y otros (2010). Una geografía del mundo para pensar. Kapelusz. 

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Antártida (ou Antártica). Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/antartida-ou-antartica/. Acesso em: 28 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 20 janeiro, 2024
Data de publicação: 13 julho, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)