Mar Vermelho

Vamos explicar o que é o mar Vermelho, as suas características físicas e a sua vasta biodiversidade. Além disso, a sua formação geológica e a sua importância econômica.

Canal de Suez
O mar Vermelho possui uma área de 440 mil km2.

O que é o mar Vermelho?

O mar Vermelho é um corpo de água salgada localizado entre a África e a península Arábica. Limita-se ao norte com a península do Sinai, o golfo de Aqaba e o golfo de Suez, e ao sul com o golfo de Aden. Os países circundantes são Egito, Arábia Saudita, Sudão, Iêmen, Eritreia, Israel, Djibouti e Jordânia.

Possui uma superfície de 440 mil quilômetros quadrados, com um comprimento de mais de 2 mil quilômetros e uma largura máxima de 355 quilômetros, conferindo-lhe uma forma longa e estreita. Sua profundidade média é de 490 metros.

O mar Vermelho apresenta uma grande biodiversidade e abriga milhares de espécies de animais e plantas que são únicas no mundo.

Por que recebeu o nome de mar Vermelho? Não se conhece a origem do nome, pois as águas desse mar não são de cor vermelha. Uma hipótese sugere que os antigos egípcios se referiam a esse mar como o “mar dos Himaritas”, em homenagem a uma tribo local que era conhecida por tingir suas roupas e corpos com corantes vermelhos.

No entanto, acredita-se que o nome pode ter vindo de uma tradução errônea do termo hebraico Yam Suph, que significa “mar de juncos”. O termo “juncos” em inglês é “reeds”, que é escrito e pronunciado de forma muito parecida com red, que significa “vermelho” nesse idioma.

Como o mar Vermelho se formou?

A principal hipótese para a origem geológica do mar Vermelho é que tenha começado a se formar de 30 a 55 milhões de anos atrás, quando a placa tectônica africana começou a se separar da placa arábica. O espaço entre essas placas se encheu de água e deu origem ao mar Vermelho. A separação dessas placas também criou uma falha na crosta conhecida como “Rift do mar Vermelho” e uma cadeia de vulcões que está submersa sob suas águas.

Os movimentos e a interação entre as placas africana e árabe geram tensões que podem provocar terremotos. A atividade vulcânica na área também contribuiu para a formação e a evolução geológica do mar Vermelho, assim como para a criação de algumas de suas ilhas. As erupções vulcânicas são frequentes, principalmente nas ilhas Dahlak e Zubair.

Propriedades físicas do mar Vermelho

O mar Vermelho faz intercâmbio de água apenas com o mar Mediterrâneo e o oceano Índico. Diferentemente da maioria dos mares, nenhum rio ou riacho deságua nele.

A salinidade do mar Vermelho é muito alta, com média de cerca de 40%. Isso se deve à alta taxa de evaporação de suas águas em função do calor da região, à falta de precipitações por causa do clima extremamente seco e à ausência de rios de água doce que deságuam nele.

É um dos mares mais quentes do mundo, com temperaturas que variam de 26 °C a 30 °C no verão e de 22 °C a 28 °C no inverno.

Biodiversidade do mar Vermelho

Biodiversidad
O mar Vermelho é habitado por uma grande diversidade de moluscos, peixes, répteis e algas.

Além dos corais, o mar Vermelho abriga uma grande variedade de flora e fauna. Há aproximadamente 1200 espécies de peixes, incluindo galha-branca-de-recife e peixe-leão.

Há também moluscos e outros vertebrados, como amêijoas gigantes e arraias. Entre os répteis, destacam-se várias espécies de tartarugas, como a tartaruga-de-couro e a tartaruga-de-pente.

O fundo do mar é coberto por algas, gramíneas e pradarias de ervas marinhas, onde várias espécies de animais encontram alimento em abundância.

Recifes de coral

No mar Vermelho, encontram-se aproximadamente 400 espécies de corais.

O mar Vermelho é conhecido por ser um habitat marinho rico e diversificado, com uma grande quantidade de espécies de peixes, invertebrados e corais. A combinação da temperatura da água quente com a alta salinidade do mar Vermelho o torna um ambiente ideal para a vida marinha.

Os corais marinhos são animais coloniais que se desenvolvem em águas tropicais e subtropicais e formam recifes, ou seja, estruturas formadas pelo carbonato de cálcio secretado por esses animais. Os recifes de coral se formam em águas pouco profundas, onde a luz solar pode penetrar e permitir a fotossíntese pelas algas que habitam os corais. Essas algas fornecem alimento e energia aos corais e contribuem para a construção dos recifes.

Os recifes de coral do mar Vermelho são considerados alguns dos mais espetaculares e mais bem preservados do mundo.

Países e cidades costeiras

Mar Rojo
Eilat é um importante centro turístico em Israel.

As principais cidades localizadas na costa do mar Vermelho são:

PaísPrincipais cidades costeiras sobre o mar Vermelho
EgitoHurghada
Safaga
Sharm el Sheij
EritreiaAssab
Massawa
SudãoPorto Sudão
Suaquém
IêmenHodeida
IsraelEilat
JordâniaAqaba
Arábia SauditaJidá
Iambo
DjiboutiMoulhoulé

O canal de Suez

O canal de Suez facilitou o comércio marítimo entre a Europa e a Ásia.

O canal de Suez é uma hidrovia artificial construída entre 1859 e 1869 para conectar o mar Vermelho ao mar Mediterrâneo. Antes de sua construção, o mar Vermelho encontrava-se conectado ao oceano Índico somente pelo estreito de Mandeb e pelo golfo de Aden.

O canal de Suez possui 163 km de extensão e conecta Port Said, na costa do Mediterrâneo, a Suez, na costa do mar Vermelho.

Foi construído para proporcionar uma via navegável mais curta entre a Europa e a Ásia, já que antes os navios tinham que contornar todo o continente africano. Sua construção teve um impacto significativo no comércio marítimo mundial e tornou possível o transporte de mercadorias com mais rapidez, eficiência e segurança.

Turismo no mar Vermelho

Mar rojo
A vida submarina é uma das principais atrações turísticas do mar Vermelho.

O turismo no mar Vermelho é muito popular devido à beleza de suas praias e à grande quantidade de vida marinha que lá se encontra.

Algumas das principais atrações turísticas são as praias de areia branca, os recifes de coral e a impressionante e peculiar vida subaquática. Aproximadamente 10% das espécies marinhas que se encontram no mar Vermelho são endêmicas, isso significa que não se desenvolvem em nenhum outro lugar do mundo.

Os principais destinos turísticos do mar Vermelho são Egito, Israel, Jordânia e Arábia Saudita. Esses países desenvolveram infraestruturas turísticas para atrair visitantes e oferecem uma ampla variedade de serviços, desde hotéis de luxo até lojas de souvenirs e restaurantes.

Os turistas podem aproveitar uma variedade de atividades aquáticas, tais como mergulho, snorkel, windsurfe, pesca esportiva e passeios de barco.

História bíblica sobre o mar Vermelho

A história bíblica do mar Vermelho é contada no livro do Êxodo. Conforme o relato, o povo de Israel havia sido escravizado no Egito e Moisés foi enviado por Deus para libertá-los. Depois de dez pragas, o faraó do Egito finalmente permitiu que os israelitas partissem para a Terra Prometida.

Enquanto os israelitas viajavam para o leste, o faraó os traiu e enviou seus exércitos para persegui-los. Os israelitas se viram encurralados entre os soldados egípcios e o mar Vermelho. Conforme o relato bíblico, Moisés abriu o mar para que os israelitas pudessem atravessá-lo, com paredes de água em ambos os lados. Os soldados egípcios tentaram segui-los, mas as águas se fecharam sobre eles de forma que se afogaram.

Referências

  • Cinco Días (s.f). Aqaba, donde el desierto se convierte en mar. ElPais
  • Figueras, A. (2010). Moisés y el mar Rojo. ¿Ciencia y religión?. Ciencia marina y otros asuntos. MadriMasD
  • Vidal, M (2022). Los corales del mar Rojo, una esperanza para otros arrecifes. DW
  • ZOEA (s.f). El mar Rojo. BiologiaMarina

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

SPOSOB, Gustavo. Mar Vermelho. Enciclopédia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/mar-vermelho/. Acesso em: 17 julho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 26 fevereiro, 2024
Data de publicação: 18 julho, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)