Mortos na Segunda Guerra Mundial

Vamos explicar quantas foram as vítimas (militares e civis) da Segunda Guerra Mundial nos diferentes países que estiveram envolvidos no conflito.

A Segunda Guerra Mundial foi o conflito com o maior número de mortos de toda a história.

O que foi a Segunda Guerra Mundial?

A Segunda Guerra Mundial foi a guerra com o maior número de mortes da história da humanidade. Entre 1939 e 1945, estima-se que morreram cerca de setenta e cinco milhões de pessoas civis e militares de todas as partes do mundo.

Os países que tiveram maior número de mortes militares foram a União Soviética (mais de dez milhões), a Alemanha (mais de cinco milhões), a China (com quase quatro milhões) e o Japão (mais de dois milhões). No entanto, em relação às mortes civis, a China foi a que mais vítimas teve (atingiu os 16 milhões).

As batalhas com maior número de baixas da Segunda Guerra Mundial foram a Batalha de Stalingrado com quase dois milhões de baixas, a Batalha de Moscou com quase um milhão e meio de baixas e a Batalha de Berlim com mais de um milhão de baixas.

Os números das vítimas da Segunda Guerra Mundial referem-se às vítimas do Holocausto judaico realizado pelo Partido Nazista da Alemanha em todos os territórios ocupados. Estima-se que mais de seis milhões de judeus morreram devido à perseguição sistemática nazista, junto a outros grupos sociais como eslavos e ciganos, cujas mortes atingem 500 milhões de pessoas.

Os dados sobre as mortes militares da Segunda Guerra Mundial foram coletados por diferentes organismos durante o conflito. Embora existam diferenças entre as estimativas das diferentes fontes, os valores publicados permanecem mais ou menos próximos.

No entanto, o registro das mortes civis ligadas à Segunda Guerra Mundial foi realizado por diversas instituições após a guerra, e as estimativas variam muito mais entre as fontes. Para algumas situações específicas, os números variam em milhões de vítimas.

Total de mortes por país na Segunda Guerra Mundial

Na tabela abaixo é possível ver um resumo dos países que mais vítimas tiveram por causa da guerra. No caso das estimativas de mortes civis, quando as fontes apresentam divergências, optou-se por escolher uma média entre os números propostos. Além disso, há países que só tiveram mortes civis já que foram ocupados por exércitos inimigos, mas não enviaram soldados às linhas de frente de batalha.

Mortes militares e civis por país na Segunda Guerra Mundial
País Mortes militares Mortes civis Total de mortes
Alemania 5 533 000 2 167 000 7 700 000
Japão 2 120 000 730 000 2 850 000
Romênia 300 000 533 000 833 000
Hungria 300 000 280 000 580 000
Itália 301 400 155 600 457 000
Áustria 261 000 123 700 384 700
Finlândia 95 000 2 000 97 000
Total O Eixo 8 910 400 3 991 300 12 901 700
União Soviética 10 700 000 13 300 000 24 000 000
China 4 000 000 16 000 000 20 000 000
Polônia 240 000 5 360 000 5 600 000
Índias Orientais Neerlandesas 0 3 500 000 3 500 000
Índia 87 000 1 913 000 2 000 000
Indochina Francesa 0 1.250.000 1.250.000
Iugoslávia 446 000 554 000 1 000 000
Filipinas 57 000 693 000 750 000
França 217 600 350 000 567 600
Grécia 27 000 523 000 550 000
Reino Unido 383 000 67 700 450 700
Coreia 0 425 000 425 000
Estados Unidos 416 800 1 700 418 500
Lituânia 0 353 000 353 000
Tchecoslováquia 25 000 320 000 345 000
Países Baixos 17 000 284 000 301 000
Letônia 0 227 000 227 000
Etiópia 5 000 95 000 100 000
Malásia 0 100 000 100 000
Bélgica 12 100 74 000 86 100
Estônia 0 51 000 51 000
Singapura 0 50 000 50 000
Canadá 45 400 0 45 400
Austrália 39 800 700 40500
Albânia 30 000 200 30 200
Bulgaria 22 000 3 000 25 000
Papua-Nova Guiné 0 15 000 15 000
Nova Zelândia 11 900 0 11 900
União da África do Sul 11 900 0 11 900
Noruega 3 000 6 500 9 500
Dinamarca 2 100 1 000 3 200
Luxemburgo 0 2 000 2 000
Total Aliados 16 799 600 45 519 900 62 319 500
Totais 25 710 000 49 511 200 75 221 200

Os países com mais mortes em totais na Segunda Guerra Mundial foram:

  1. União Soviética: 24 milhões de mortes
  2. China: 20 milhões de mortes
  3. Alemanha: 7,7 milhões de mortes
  4. Polônia: 5,6 milhões de mortes
  5. Índias Orientais Holandesas: 3,5 milhões de mortes
  6. Japão: 2,8 milhões de mortes
  7. Índia: 2 milhões de mortes
  8. Indochina Francesa: 1,2 milhão de mortes
  9. Iugoslávia: 1 milhão de mortes
  10. Romênia: 0,8 milhão de mortes

Os países com mais mortes civis na Segunda Guerra Mundial

As mortes de civis na Segunda Guerra Mundial incluem milhões de pessoas. Os países aliados sofreram mais mortes civis do que os países do Eixo. Na China morreram mais de 16 milhões de civis, na União Soviética mais de 13 milhões e na Polônia mais de 5 milhões. O país do lado do Eixo com maior número de mortes foi a Alemanha com 2 milhões de vítimas fatais.

Entre as mortes civis contam-se as vítimas do Holocausto e a perseguição do Partido Nazista alemão, que atinge a morte de 6 milhões de judeus de diferentes países que sofreram a ocupação alemã.

Outro dos ataques fatais foi o bombardeio nuclear que o exército dos Estados Unidos realizou sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, em 1945.

Estima-se que em Hiroshima morreram de maneira instantânea entre setenta mil a duzentos e vinte mil pessoas (segundo diferentes fontes documentais) e mais de sessenta mil morreram no ano seguinte devido às queimaduras e à exposição à radiação nuclear. A bomba nuclear que caiu sobre Nagasaki três dias depois da de Hiroshima, matou de maneira instantânea entre sessenta mil e setenta e cinco mil pessoas, e quase cem mil no ano seguinte. 

Os países com o maior número de mortes militares na Segunda Guerra Mundial

O país que mais mortes militares sofreu foi a União Soviética: mais de 10 milhões e setecentos mil soldados perderam a vida nas linhas de frente de batalha. A China perdeu a vida de 4 milhões de pessoas. Nenhum dos outros países do lado dos Aliados teve um número de mortes militares maior que 450 mil soldados.

Os países do lado do Eixo que mais mortes militares tiveram foram a Alemanha com 5 milhões, quinhentos e trinta e três mil soldados mortos e o Japão com 2 milhões, cento e vinte mil. As baixas fatais na Itália, na Hungria e na Romênia atingiram os 3 milhões de combatentes por país.

As baixas militares por país na Segunda Guerra Mundial

As baixas militares incluem o número de mortos, feridos, prisioneiros de guerra e desaparecidos que um exército sofre em relação ao número de soldados. Os países do Eixo com mais baixas militares foram a Alemanha com 11 milhões, novecentos mil e o Japão com 6 milhões, cento e dez mil. Do lado dos Aliados, a União Soviética teve 11 milhões de baixas e a China 3 178 423.

Baixas militares por país na Segunda Guerra Mundial
País Mortos Feridos Prisioneiros ou desaparecidos Total de baixas militares
Alemanha 3 500 000 5 000 000 3 400 000 11 900 000
Japão 1 300 000 4 000 000 810 000 6 110 000
Romênia 300 000 - 100 000 400 000
Itália 242 000 66 000 350 000 658 000
Hungria 200 000 - 170 000 370 000
Finlândia 82 000 50 000 - 132 000
Total O Eixo 5 624 000 9 116 000 4 830 000 19 570 000
União Soviética 11 000 000 - - 11 000 000
China 1 310 224 1 752 951 115 248 3 178 423
Reino Unido e Commonwealth 373 372 475 047 251 724 1 100 143
Iugoslávia 305 000 425 000 - 730 000
Estados Unidos 292 131 671 801 139 709 1 103 641
França 213 324 400 000 - 613 324
Polônia 123 178 236 606 420 760 780 544
Grécia 88 300 - - 88 300
Filipinas 27 000 - - 27 000
Bélgica 12 000 - - 12 000
Tchecoslováquia 10 000 - - 10 000
Países Baixos 7 900 2 860 - 10 760
Noruega 3 000 - - 3 000
Dinamarca 1 800 - - 1 800
Brasil 943 4 222 - 5 165
Total Aliados 13 768 172 3 968 487 927 441 18 664 100
Total 19 392 172 13 084 487 5 757 441 38 234 100

As vítimas do Holocausto

O Holocausto foi uma perseguição sistemática da população judaica pelo Partido Nazista que governou a Alemanha de 1933 a 1945. Os nazistas acreditavam que a raça ariana era superior e queriam “purgar” a nação para que fosse racialmente homogênea. Afirmavam que os judeus que viviam na Alemanha eram uma ameaça para a comunidade ariana e por isso se fazia necessário “extirpá-los” da sociedade.

Além de atacar a população judia, o Partido Nazista perseguiu outros grupos que “debilitavam” a comunidade ariana por sua origem racial, por sua ideologia ou por sua condição social. Junto aos judeus, os nazistas assediaram as populações de origem eslava e cigana, os homossexuais, as pessoas com deficiência física e os militantes da oposição política partidária, especialmente os comunistas e os socialistas.

Não existe um registo oficial do governo nazista que permita definir com exatidão o número de vítimas do Holocausto. As estatísticas são produto de uma investigação conjunta de especialistas com base em diferentes fontes, como censos, registros de prisioneiros de guerra dos diferentes governos do lado do Eixo e análise do pós-guerra.

A tabela seguinte define o número de mortes nas mãos do regime nazista e seus colaboradores entre 1939 e 1945. Estas cifras foram calculadas pelo Museu do Holocausto que fica nos Estados Unidos com base nos relatórios de guerra dos agentes militares do Partido Nazista e de estudos demográficos sobre as vítimas da Segunda Guerra Mundial.

Mortes civis pelo regime nazista (1939-1945)
Grupo Número de mortes
Judeus 6 000 000
Civis da União Soviética 7 000 000
(dos quais 1 300 000 eram judeus e estão incluídos no grupo “judeus”)
Prisioneiros de guerra
da União Soviética
3 000 000
(dos quais 50 000 eram judeus e estão incluídos no grupo “judeus”).
Civis da Polônia não judeus 1 800 000
Civis sérvios (nos territórios ocupados da Croácia, da Bósnia e da Herzegovina) 312 000
Pessoas com deficiências físicas 250 000
Ciganos entre 250 000 e 500 000
Criminais presos 70 000
Testemunhas de Jeová 1 900
Militantes da oposição
(socialistas e comunistas)
indeterminado
Homossexuais indeterminado

Continue com:

Referências

  • Hughes, Thomas A. and Royde-Smith, John Graham (2023). "World War II". Encyclopedia Britannica
    https://www.britannica.com/ 
  • Nolan, C. J. (2010). The Concise Encyclopedia of World War II. Bloomsbury Publishing USA.
  • United States Holocaust Memorial Museum (2020). “Documenting numbers of victims of the Holocaust and Nazi Persecution”. Holocaust Encyclopedia. https://encyclopedia.ushmm.org/.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

KISS, Teresa. Mortos na Segunda Guerra Mundial. Enciclopédia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/mortos-na-segunda-guerra-mundial/. Acesso em: 24 maio, 2024.

Sobre o autor

Autor: Teresa Kiss

Professora de História do ensino médio e superior.

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 30 janeiro, 2024
Data de publicação: 19 novembro, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)