Tornado

Vamos explicar o que são os tornados, como se formam e quais são as suas consequências. Além disso, as características gerais e classificação.

Um tornado é uma massa de ar que gira em um eixo com alta velocidade angular.

O que é um tornado?

Um tornado é um fenômeno meteorológico de curta duração e extensão no qual um redemoinho de ar gira em alta velocidade. É um dos eventos climáticos mais perigosos e destrutivos.

Os tornados podem ter diferentes formas e tamanhos, mas geralmente se assemelham a um tubo giratório de nuvens que se afunila do céu para a superfície terrestre, geralmente cercado por uma nuvem de detritos e poeira. Seus ventos são tão intensos que arrancam e levam tudo em seu caminho.

Os tornados são imprevisíveis, o que também os torna muito perigosos. Quase sempre se formam sem aviso, movem-se rapidamente e podem mudar de direção em questão de segundos, fazendo com que sejam ainda mais difíceis de prever.

São fenômenos de curta duração, em geral entre alguns segundos e uma hora. A duração média é de cerca de 10 minutos.

 Como se forma um tornado?

Um tornado se forma quando uma massa de ar quente e úmida encontra uma massa de ar frio e seco. Essa colisão de massas de diferentes temperaturas e umidade pode produzir tempestades e correntes fortes de ar ascendentes.

Quando uma corrente de ar quente e úmido em ascensão encontra ar frio e seco na atmosfera superior e se cria uma zona de instabilidade. Essa instabilidade pode fazer com que a coluna de ar quente forme uma nuvem de tempestade.

Dentro da nuvem de tempestade, o ar quente e úmido continua a subir enquanto o ar frio e seco desce, criando uma rotação de vento na atmosfera. Essa rotação pode se intensificar e produzir um vórtice de ar que desce da nuvem de tempestade até a superfície terrestre.

À medida que o vórtice de ar desce, pode aumentar sua velocidade de rotação e sugar o ar para dentro do tornado. Isso pode fazer com que o tornado cresça em tamanho e força, aumentando a velocidade dos ventos e a quantidade de danos que ele pode causar.

Tipos de tornados

As trombas marinhas geralmente se formam na superfície do mar.

Dependendo de sua formação, tamanho, duração e intensidade, os tornados podem ser classificados da seguinte forma:

  • Tornados supercélulas. Formam-se a partir de tempestades de grande intensidade. São tornados violentos e destrutivos.
  • Tornados não-supercélulas. Formam-se a partir de tempestades menores. Normalmente, são de intensidade mais baixa do que os tornados supercélulas.
  • Tornado de vórtices múltiplos. São duas ou mais colunas de ar que giram em torno de um eixo comum, dando origem a vários vórtices ou “pontas” do tornado.
  • Tornado satélite. São dois tornados (um grande e um pequeno) que se encontram ou se formam muito próximos um do outro, de modo que o menor orbita o maior e gira com ele como se fosse um satélite (por isso o nome).
  • Tornado cunha. Caracteriza-se pelo formato de cunha ou “V” invertido, com uma base larga e uma ponta estreita.
  • Tornados corda. Caracterizados por serem muito estreitos, com um formato de corda que se estende da superfície até as nuvens. Geralmente são menos destrutivos do que os tornados clássicos.
  • Trombas marinhas. Trata-se de um tornado que se forma sobre o mar ou sobre um grande corpo de água. Podem ser tornados que se formaram diretamente sobre a água ou que se deslocaram da terra para a água.

Consequências de um tornado

Os tornados geralmente são acompanhados por uma tempestade, chuvas e ventos com força de furacão.

As consequências dos tornados geralmente são mais ou menos devastadoras, dependendo da velocidade dos ventos e de sua duração. Em geral, eles podem arrancar árvores, telhados e objetos de menor porte. Esses objetos podem ser arrastados e lançados a grande velocidade e distância pela força dos ventos do tornado.

Eles também podem ser muito perigosos para as pessoas que não estão em abrigos seguros durante a passagem do tornado que podem ser arrastadas pelo vento e atingidas ou esmagadas por objetos voadores.

A passagem de tornados também costuma resultar na interrupção de serviços públicos. Postes e fios arrebentados podem deixar as áreas afetadas sem luz, conectividade ou telefone.

Ciclo de vida de um tornado

O ciclo de vida dos tornados consiste em três estágios:

  • Formação. Os tornados geralmente se originam em um sistema de tempestades. O ar quente e úmido sobe e o ar frio e seco desce. Essa diferença de temperatura, pressão atmosférica e umidade cria um vórtice de ar que começa a girar e dá início à formação do tornado.
  • Maturidade. Uma vez formado, o tornado pode atingir seu tamanho máximo em poucos minutos. Essa é a fase mais destrutiva do tornado, pois atinge a sua velocidade máxima de rotação. É também quando ele adquire o formato de funil típico dos tornados.
  • Dissipação. No estágio final do tornado, a falta de ar quente e úmido enfraquece o vórtice e o torna fino como uma corda, antes que ele perca a última parte de sua energia e se dissipe.

Onde os tornados se formam?

Os tornados ocorrem principalmente nos Estados Unidos, em uma região conhecida como “Tornado Alley”.

Os tornados foram observados em todos os continentes, exceto na Antártica, mas a maioria (cerca de 75%) ocorre nos Estados Unidos. Nesse país, 80% dos tornados ocorrem na região conhecida como “Tornado Alley”, nos estados de Dakota do Sul, Nebraska, Kansas, Oklahoma, Iowa e Texas.

Os tornados também são frequentes no centro-sul da Ásia, no sul da África, no sudeste da Austrália e da Nova Zelândia e em algumas partes da América do Sul.

O que fazer no caso de um tornado?

Deve-se tomar as seguintes medidas diante de um tornado:

  • Em uma casa, permaneça no cômodo mais afastado das janelas.
  • Ao ar livre, abrigue-se em um prédio, casa ou na construção próxima.
  • Em um veículo, pare e procure abrigo em um local seguro fora do carro.

Em todos os casos acima, as recomendações são sempre manter a calma, manter-se informado, não manusear objetos ou tocar em cabos e cobrir a cabeça e o corpo.

Como se mede a intensidade dos tornados?

Os tornados geralmente têm cerca de 75 metros de largura, em média.

A maioria dos tornados registra velocidades de ventos entre 65 e 180 quilômetros por hora, apesar de os tornados mais fortes da história terem ultrapassado 400 quilômetros por hora. Podem variar em largura de alguns metros a mais de 2 quilômetros.

A intensidade do tornado é medida pela escala Fujita (EF), também conhecida como Escala Fujita-Pearson. Essa escala classifica os tornados de acordo com os danos que provocam de EF0 a EF5, com EF5 representa os tornados mais destrutivos e EF0 os tornados menos destrutivos.

Os piores tornados da história

Alguns dos tornados mais devastadores da história foram:

  • O tornado dos Três Estados nos Estados Unidos. Ocorreu em 18 de março de 1925 e afetou os estados de Missouri, Illinois e Indiana. Percorreu 325 km em cerca de 3,5 horas a uma velocidade de 117 quilômetros por hora. O resultado foi 695 mortes e mais de 2 mil feridos. Embora a escala Fujita não existisse na época, acredita-se que ele poderia ter sido classificado como F5. É considerado o tornado mais devastador da história.
  • O tornado Dalautpur-Saturia em Bangladesh. Ocorreu em 26 de abril de 1989 e é o tornado mais mortal da história, causando a morte de 1300 pessoas e ferindo mais de 12 mil. O tornado fazia parte de uma série de tempestades que se desenvolveram no centro do país. Tinha aproximadamente 1,5 quilômetro de largura e se deslocou para o norte a uma velocidade de 120 quilômetros por hora.

Tornados no cinema

Os tornados são uma força temível da natureza que inspirou vários filmes, especialmente na indústria cinematográfica de Hollywood, tais como: Furacão (1979), Twister (1996), Mar em Fúria, O Dia Depois de Amanhã (2004), No Olho do Furacão (2012) e Into the Storm (2014).

No gênero comédia, foi produzido o filme Sharknado (2013) e suas sequelas, no qual um tornado lança tubarões na cidade de Los Angeles.

Referências

  • Listo (s.f) Tornados. Ready
  • Rodríguez, H (2022). Así se forma un tornado. NationalGeographic
  • Viñas, J. (s.f) El tornado de los tres estados. Tiempo
  • Herrera, C (2022) Las mejores películas sobre tornados. Hiramnoriega

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

SPOSOB, Gustavo. Tornado. Enciclopédia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/tornado/. Acesso em: 7 junho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 12 setembro, 2023
Data de publicação: 5 setembro, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)