Organização inteligente

Vamos explicar o que é uma organização inteligente e a sua importância. Além disso, as suas principais características, quais são as cinco disciplinas e mais.

Organización inteligente
As organizações inteligentes utilizam o aprendizado como um recurso para se tornarem mais competitivas.

O que é uma organização inteligente?

Uma organização inteligente é um tipo de empresa que tira o máximo proveito de suas experiências, através de um processo de aprendizado contínuo e sistêmico. O objetivo é utilizar o conhecimento como um recurso para tornar a organização mais competitiva e mais capaz de se adaptar às constantes mudanças.

Uma organização inteligente também é chamada de “organização de aprendizagem” e se destaca por criar uma cultura corporativa baseada na capacitação de todo o recurso humano, tanto de funcionários quanto de clientes, e na interpretação de experiências de diferentes pontos de vista.

Por exemplo: uma organização inteligente procura aprender com as experiências diárias para melhorar o desempenho das equipes de trabalho, seus processos e sua capacidade de adaptação às mudanças do mercado.

A importância de uma organização inteligente

A principal importância de uma organização inteligente é que ela valoriza cada membro em cada área de trabalho. Promove diferentes espaços de aprendizagem, compromisso, incentivo e confiança em cada indivíduo para que possa dar o melhor de si.

Desta forma, o ambiente organizacional é enriquecido, o que acaba tendo um impacto positivo sobre o nível produtivo.

Diferenças entre uma organização inteligente e uma organização tradicional

As principais diferenças entre uma organização inteligente e uma organização tradicional:

  • As organizações inteligentes empregam métodos que incentivam o crescimento profissional, tais como um plano de carreira, promoções e aumentos salariais estipulados de acordo com o tempo de permanência ou metas atingidas. Embora existam organizações inteligentes com estruturas hierárquicas verticais, os funcionários estão envolvidos nas decisões corporativas através de múltiplos canais de comunicação. Além disso, se dedicam à análise e compreensão da satisfação do cliente como um recurso para alcançar maior competitividade.
  • Nas organizações tradicionais, são utilizados sistemas hierárquicos, burocráticos e ditatoriais nos quais as decisões e opiniões válidas são as da gerência, enquanto que não consideram o potencial individual que os funcionários podem trazer para a empresa na tomada de decisões.

As características de uma organização inteligente

Organización inteligente
Em organizações inteligentes, o recurso humano é o mais valioso para atingir o sucesso.

As principais características de uma organização inteligente são:

  • As pessoas, tanto os membros da organização como os clientes, são os recursos mais valiosos.
  • A cultura organizacional promove direitos e acesso à informação para todos os membros, com o objetivo de fortalecer um compromisso mútuo que perdure ao longo do tempo.
  • A aplicação de novas tecnologias para a digitalização de processos e canais de comunicação que permitem o feedback.
  • As redes de aprendizagem e treinamento são um recurso que ajuda a estimular as ideias e a iniciativa dos funcionários para trabalharem juntos, e não apenas para estimular o mérito individual.
  • As empresas obtêm seus próprios benefícios ao impulsionar o potencial individual dos seus funcionários e dos seus clientes.
  • As tarefas internas são divididas de acordo com duas variáveis: a estrutura da organização e as capacidades dos indivíduos.
  • A capacidade da organização para aprender de si mesma lhe permite criar e inovar, com o objetivo de se tornar mais competitiva.

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas das organizações inteligentes é uma teoria publicada em 1990 pelo engenheiro, escritor e professor americano Peter Senge (1947).

Consiste em uma série de técnicas fundamentais para mudar a operacionalidade de uma organização, a fim de se tornar mais eficaz e bem-sucedida. Senge argumenta que “uma visão sistêmica pode mudar tudo ao nosso redor, tanto em nossa vida pessoal como profissional”.

As cinco disciplinas propostas por Senge são:

  • Domínio pessoal. Consiste em aprender a potencializar a capacidade individual de todos os funcionários, gerando compromisso com a organização e incentivando-os a alcançar o que se propuseram a fazer.
  • Modelos mentais. Consiste em identificar modelos ou paradigmas atuais a fim de refletir e buscar a melhoria contínua dos processos da organização (como padrão de qualidade), mesmo que algo ruim ou um problema em particular não tenha acontecido. É uma forma prática de perceber a realidade, tanto para antecipar possíveis problemas como para procurar superar-se e tornar-se uma empresa mais competitiva.
  • Visão compartilhada. Consiste em fortalecer o compromisso do grupo e orientá-lo para a realização de um objetivo comum. Não basta que os funcionários sejam altamente qualificados para um cargo, mas que seus objetivos e ambições estejam alinhados com a missão da organização, a fim de otimizar sua produção.
  • Aprendizagem em equipe. Consiste em estimular e compreender que o sucesso da organização depende da soma dos talentos individuais, e não apenas da capacidade de algumas poucas pessoas especializadas.
  • Pensamento sistêmico. Consiste em aprender a analisar e a pensar de maneiras diferentes em cada tarefa realizada diariamente. É a principal técnica aplicada e reúne todas as demais.

Referências

  • "Fundamentos del comportamiento organizacional" Robbins, S. P., & Judge, T. A. (2009).  13ra. Edición. Pearson. México.
  • "La quinta disciplina en la práctica" Senge, P. M. (2005). Ediciones Granica SA.
  • "Las organizaciones inteligentes" León, R., Tejada, E., & Yataco, M. (2003). Industrial data, 6(2), 82-87.
  • "Capital humano, ¿Qué es una organización inteligente?" Barcelo, J. C. (2021) em Blog de Recursos Humanos.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

DE AZKUE, Inés. Organização inteligente. Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/organizacao-inteligente/. Acesso em: 13 abril, 2024.

Sobre o autor

Autor: Inés de Azkue

Licenciada em Publicidade (Universidad de Morón)

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 5 setembro, 2023
Data de publicação: 31 março, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)