Netuno

Vamos explicar o que é Netuno, a sua localização no Sistema Solar e dimensões. Além disso, quais são as suas características, clima e composição geológica.

Neptuno - Planetas
Netuno é o menor planeta dos gigantes gasosos.

O que é Netuno?

Netuno é um planeta do Sistema Solar, o mais distante do Sol e o menor dos quatro gigantes gasosos. Foi observado pela primeira vez em 1846 e é formado por uma mistura de água, amoníaco e metano sobre um centro sólido rochoso. Sua atmosfera é composta principalmente de hidrogênio, hélio e metano. A elevada concentração de metano confere-lhe a aparência azul, uma vez que este gás absorve a luz vermelha e reflete a luz azul.

Por sua distância do Sol, é um dos planetas mais frios de todo o Sistema Solar. Sua temperatura média é de -218 °C. Seu tempo de rotação é muito curto, de apenas 16 horas. Pelo contrário, o seu período de translação é muito lento: leva 165 anos para completar uma volta ao Sol.

O nome Netuno provém do deus romano do mar. Foi proposto pelo astrônomo alemão Johann Galle (1812–1910), um dos primeiros a observar o planeta pouco depois de sua descoberta, em 1846. Acredita-se que este nome foi escolhido pela aparência azulada que o planeta tem.

Características de Netuno

As principais características de Netuno são:

  • Tem um diâmetro de 49 244 quilômetros.
  • É o planeta mais distante do Sol.
  • Tem uma temperatura média de -218 °C.
  • Seu tempo de rotação dura 16 horas.
  • Seu período de translação é de 165 anos.
  • Foi descoberto em 1846.
  • Tem 14 luas. 
  • Tem ventos que ultrapassam os 1900 quilômetros por hora.
  • A sonda Voyager 2 o observou pela primeira vez em 1989.

Até a descoberta de Plutão em 1930, foi considerado o planeta mais afastado do Sol de todo o Sistema Solar. Em 2006 voltou a sê-lo, já que Plutão deixou de ser considerado um planeta.

Localização e dimensões de Netuno

Netuno está a 4,5 bilhões de quilômetros de distância do Sol e a 4,3 bilhões de quilômetros da Terra. Sua órbita fica atrás da de Urano, além do Cinturão de Asteroides que divide o Sistema Solar.

Quanto às suas dimensões, Netuno possui uma massa 17 vezes maior que a da Terra e um volume equivalente a 57 vezes o nosso planeta. Tem um diâmetro de 49 572 km. Isto faz dele o quarto planeta com maior diâmetro e o terceiro com maior massa de todo o Sistema Solar.

Devido à sua composição gasosa, o seu tempo de rotação é difícil de calcular. Pensa-se que demora 16 horas a dar uma volta sobre o seu próprio eixo e 165 anos a completar a sua órbita em volta do Sol.

Geologia de Netuno

A atmosfera de Netuno, ou seja, a camada gasosa que circunda o planeta, contém hidrogênio, hélio, metano, amoníaco e outros compostos. Para o interior do planeta, as condições de pressão e temperatura fazem com que os gases se comprimam em líquidos e em um núcleo sólido no centro.

Os líquidos que compõem o interior de Netuno são principalmente água, amoníaco e metano no estado líquido. O núcleo sólido do centro é constituído principalmente por rochas e metais. 

Atmosfera de Netuno

Neptuno
Os ventos de Netuno podem ultrapassar os 1900 quilômetros por hora.

Os principais gases que compõem a atmosfera de Netuno são hidrogênio, hélio, metano, amoníaco e vapor de água. O seu tom azul característico deve-se principalmente à presença do metano, que absorve a luz vermelha e reflete a luz azul. A atmosfera superior de Netuno é excepcionalmente fria, com temperaturas que baixam até -218 °C.

Além disso, os ventos em Netuno são notoriamente fortes e atingem velocidades superiores a 1900 quilômetros por hora, os mais fortes observados no Sistema Solar. Estes ventos fortes resultam na presença de grandes tempestades, como a Grande Mancha Escura, um dos fenômenos mais notáveis observados pela sonda Voyager 2.

Satélites e anéis de Netuno

Netuno tem cinco anéis e 14 luas.

Neptuno tem um sistema de cinco anéis e 14 luas que fazem parte de seu sistema planetário.

  • Luas. Tritão é a maior lua de Netuno e uma das maiores luas do Sistema Solar. Tem uma superfície de rochas e gelo, e gêiseres que expelem nitrogênio e outras substâncias da sua superfície. Além disso, Netuno tem várias luas menores que orbitam perto do planeta, como Proteu e Nereida.
  • Anéis. Netuno tem anéis que são difíceis de ver da Terra devido à sua fraca luminosidade. Foram descobertos pela sonda Voyager 2 em 1989. São compostos principalmente por partículas de gelo e poeira. Os anéis Adams, a 63 mil quilômetros do centro de Netuno, Le Verrier, a 53 mil e Galle, a 42 mil, são os três mais importantes do planeta.

Descoberta de Netuno

Alexis Bouvard - Neptuno
Netuno foi descoberto graças aos estudos de Alexis Bouvard.

A predição teórica do lugar onde se encontraria Netuno no céu foi realizada por dois astrônomos, Urbain Le Verrier na França e John Couch Adams na Inglaterra. Ambos utilizaram cálculos matemáticos realizados por Alexis Bouvard, baseados nas irregularidades observadas na órbita de Urano, para prever a existência de um novo planeta.

Com esses cálculos, Johann Gottfried Galle e Heinrich d'Arrest realizaram a busca do planeta. Em 23 de setembro de 1846, Galle e D'Arrest usaram as coordenadas fornecidas por Le Verrier para encontrar Netuno com um telescópio.

Observação e exploração de Netuno

Netuno não brilha intensamente por sua distância em relação ao Sol.

Em meados do século XIX, os astrônomos observaram irregularidades na órbita de Urano que não podiam ser totalmente explicadas pelas leis da gravidade conhecidas. Sendo o planeta mais afastado do Sol (a única fonte de luz do Sistema Solar), a sua observação da Terra é muito complexa devido à sua fraca luminosidade.

A exploração direta de Netuno ocorreu no final do século XX, quando a sonda espacial Voyager 2 chegou perto de sua órbita em 1989. A Voyager 2 forneceu dados detalhados sobre a atmosfera, os anéis e sobre as luas de Netuno, bem como informação valiosa sobre as suas características magnéticas e atmosféricas.

Continue com:

Referências

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

SPOSOB, Gustavo. Netuno. Enciclopédia Humanidades, 2024. Disponível em: https://humanidades.com/br/netuno/. Acesso em: 17 julho, 2024.

Sobre o autor

Autor: Gustavo Sposob

Professor de Geografia do ensino médio e superior (UBA).

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 11 junho, 2024
Data de publicação: 11 junho, 2024

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)