Planejamento

Vamos explicar o que é o planejamento e quais são seus objetivos e metodologias. Além disso, suas características, classificação e processos.

planificación
O planejamento é um guia que permite coordenar múltiplas tarefas e recursos.

O que é o planejamento?

O planejamento é um modelo ou plano usado como guia para implementar vários projetos e objetivos. É uma lista que detalha de forma ordenada os processos, os recursos e o tempo que serão necessários para resolver um problema determinado ou para alcançar os objetivos de negócio.

Por exemplo: uma empresa que fabrica roupas faz o planejamento do orçamento necessário para a produção da nova temporada de inverno. Deve contemplar a matéria-prima, os prazos de entrega, os serviços de produção, a mão de obra, o controle de qualidade, a logística, a equipe de vendas e de publicidade. A lista de tarefas permite coordenar sua execução a tempo para que se cumpram os objetivos.

Para que serve o planejamento?

O planejamento é fundamental para o sucesso, tanto de uma equipe de trabalho como de uma organização, porque permite coordenar múltiplos processos e tarefas de forma ordenada para alcançar os objetivos no tempo estipulado.

Passos para realizar um planejamento

planificación
O planejamento é feito através de uma série de processos ordenados.

O planejamento pode ser realizado através de diferentes ferramentas e técnicas que permitem listar os recursos e as estratégias de maneira cronológica.

Por exemplo: Com um esquema e anotações manuscritas ou através de dispositivos com softwares, é possível administrar informação de forma precisa, gerenciar projetos, coordenar os grupos de trabalho, entre muitas outras funções.

Os passos sugeridos para elaborar um planejamento, além da ferramenta utilizada, são:

  1. Analisar a situação. Consiste em compreender a situação atual, as necessidades e identificar os eventuais problemas. Uma má interpretação do projeto pode se transformar em um problema durante o desenvolvimento do planejamento.
  2. Definir objetivos. Consiste no motivo ou razão do projeto para o qual vamos realizar o planejamento. Para além da importância da análise da situação, é necessário rever o objetivo e compreendê-lo de forma clara.
  3. Desenvolver o plano de ação. Consiste em realizar as ações concretas que são necessárias para atingir o objetivo e que devem ser delegadas a cada responsável ou equipe, conforme corresponda.
  4. Especificar os recursos necessários. Consiste em enumerar todos os recursos (materiais e humanos) que serão necessários para desenvolver o plano de ação. Pode ser acompanhado de uma estimativa de gastos com base no orçamento disponível, para calcular e decidir com que recursos e insumos conta o projeto e quais deverá adquirir.
  5. Executar o plano. Consiste no trabalho propriamente dito, do empregado, dos fornecedores e dos responsáveis envolvidos aos quais foram atribuídas as tarefas do plano de ação.
  6. Controlar e avaliar. Consiste em controlar e analisar se o plano está avançando conforme estipulado. Caso surjam problemas ou atrasos no desenvolvimento do plano, é importante reunir-se com as equipes envolvidas para definir uma solução.

Tipos de planejamento

Os principais tipos de planejamento são:

  • Planejamento estratégico. Consiste em um plano integral de negócio que permite o funcionamento de uma organização. Sua execução depende da tomada de decisões da gerência e contempla os aspectos financeiros, a missão e visão, os objetivos a longo prazo e a estrutura da empresa.
    Por exemplo: Uma empresa que vende café tem como missão gerar experiências para os clientes que consomem em suas lojas, não só satisfazer a vontade de tomar uma infusão. Através de diversos estímulos, como a ambientação, a música, os aromas e os alimentos que oferece, a empresa oferece uma vantagem diferencial que é alheia ao produto que oferece.
  • Planejamento tático. Consiste em rever as metas gerais para definir objetivos específicos. A sua execução depende de cada responsável ou área correspondente de uma organização que deve cumprir as suas respectivas tarefas e funções.
    Por exemplo: Uma empresa tem como meta a médio prazo aumentar as vendas em 10% nos próximos três meses. O planejamento tático da área de marketing será realizar uma campanha de difusão, o da equipe de vendas será a organização de um encontro de demonstração para testar os produtos e o da equipe de imprensa será a de planejar uma campanha de divulgação com profissionais e personalidades influentes. Cada área fará seu próprio planejamento tático para cumprir um objetivo específico que está alinhado com o objetivo geral da organização.
  • Planejamento operacional. Consiste numa série de ações básicas ou fundamentais para garantir o desempenho de uma organização ou de um projeto em curto ou médio prazo. Centra-se nos recursos disponíveis, no modo como os recursos serão utilizados e nas tarefas necessárias para atingir os objetivos. Depende dos diretores ou responsáveis de área, que contribuem para implementar e controlar um plano operacional.
    Por exemplo: Os empregados de uma fábrica dividem-se em três turnos de oito horas cada um para trabalhar, porque as máquinas se mantêm em funcionamento 24 horas por dia. Cada operador deve respeitar o plano operacional estipulado para cada turno, de modo que possam otimizar o tempo e os recursos disponíveis. No turno da noite há menor número de empregados trabalhando em comparação aos turnos da manhã e da tarde, por isso é que os protocolos de segurança e de resolução de conflitos são diferentes.
  • Planejamento normativo. Consiste em uma série de regras e normas que a gerência de uma organização estabelece durante um período determinado para alcançar seus objetivos.
    Por exemplo: Durante um período de fortes epidemias a empresa pode tomar medidas de prevenção e precaução que condicionam o desenvolvimento normal de trabalho, com acesso restrito a certas áreas, com o uso de roupa de proteção, insumos médicos descartáveis e com a qualificação do teletrabalho para os seus empregados.

Importância do planejamento

O planejamento permite manter o equilíbrio entre as tarefas que a empresa pode coordenar e os imprevistos ou problemas que saem de seu controle, mas que se deve enfrentar porque interferem em sua atividade.

Tanto a análise da situação atual de uma organização para ter bem claro os pontos fortes e os aspectos a melhorar, como a revisão dos objetivos e as estratégias para alcançá-los, são instâncias do processo de planejamento que permitem melhorar a gestão da empresa, mesmo quando algo não funciona como esperado. O planejamento é importante porque contribui para a eficácia da tomada de decisões.

Referências

  • Flores, M. C., & Gómez, D. O. (2008). Algunos modelos de planeación. Revista Ciencia Administrativa, 34m de UV.
  • Bigelow, S. & Pratt, M. (2022). Strategic planning, de TechTarget.
  • Eye on tech (2022). 5 steps of strategic planning (video), de YouTube.
  • Kadhem, F. (2020). Types of planning: strategic, tactical, operational and normative, de Linkedin.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

DE AZKUE, Inés. Planejamento. Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/planejamento/. Acesso em: 27 fevereiro, 2024.

Sobre o autor

Autor: Inés de Azkue

Licenciada em Publicidade (Universidad de Morón)

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 5 setembro, 2023
Data de publicação: 30 agosto, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)