Ensaio científico

Vamos explicar o que é um ensaio científico, suas características e as partes que o compõem. Além disso, como fazer um ensaio científico.

Un ensayo científico puede encontrarse en una revista especializada.
O ensaio científico utiliza uma linguagem formal.

O que é um ensaio científico?

Um ensaio científico é um tipo de redação escrita em que o autor dá sua opinião ou se posiciona sobre um tema em particular com base em certa informação objetiva e que provém de leis ou provas cientificamente sólidas.

O ensaio científico utiliza uma linguagem formal, embora não necessariamente elaborada ou sofisticada, para transmitir uma ideia ou expor um pensamento do autor. É composto por duas partes fundamentais: uma parte objetiva, na qual se expõe a tese ou teoria científica, e outra parte subjetiva na qual o redator do ensaio expõe conclusões ou hipóteses sobre o tema apresentado.

O tipo de conteúdo de um ensaio científico é variado, mas envolve sempre temas relacionados com as ciências. Além disso, os ensaios variam de forma extensiva, objetiva e pública.

As características de um ensaio científico

Un científico obtiene datos en un laboratorio.
Um ensaio científico abrange um determinado tema.

Algumas das principais características de um ensaio científico são:

  • Deve ser original e inédito. Um ensaio deve expor uma opinião ou ponto de vista elaborado pelo próprio autor, por isso não se pode copiar ou duplicar informação subjetiva de outros autores.
  • Você pode usar um tema livre. Não existe uma área ou tema determinado para a elaboração de um ensaio de tipo científico, mas o autor pode escolher aquela temática que seja de seu interesse.
  • Deve abordar um único tema. Um ensaio científico não aborda vários temas ao mesmo tempo, mas se concentra em expressar uma ideia única e central. Então você pode abordar questões relacionadas ou secundárias, mas sempre em relação ao tema principal.
  • Usa como base uma teoria ou lei científica. O ponto de partida de todo o ensaio científico é investigar uma temática e depois desenvolver as conclusões ou hipóteses.
  • Deve ser sintético. Todo ensaio científico deve ser breve, mas sempre deve incluir aqueles dados que sejam relevantes. Em termos gerais, embora dependendo do tema abordado, os ensaios científicos não costumam ultrapassar as quatro ou cinco páginas de uma folha A4.
  • Tem etapas. Um ensaio científico é realizado seguindo certos passos que guiam o autor e permitem que ele faça um bom trabalho.
  • Se escreve em linguagem simples e formal. Para a redação de um ensaio científico deve ser utilizada uma linguagem formal e objetiva, embora não tenha de ser estritamente científica.
  • Deve ter ordem e coerência. Para a organização de um ensaio é aconselhável seguir determinadas pautas ou ordem na organização e construção da informação.
  • Deve incluir-se bibliografia. Cada ensaio científico deve incluir as fontes a partir das quais se obtêm os dados científicos. Isto é extremamente importante para passar seriedade e confiança no ensaio e dar crédito aos autores das teorias ou leis científicas.

Como fazer um ensaio científico?

Un grupo de arqueólogos realiza una investigación.
A pesquisa é um passo fundamental na elaboração de um ensaio.

Existem certos passos ou etapas que podem ser realizadas na hora de fazer um ensaio científico, são elas:

  • Seleção da área de pesquisa. O autor do ensaio escolhe o campo ou a disciplina sobre a qual quer investigar.
  • Investigação. Procede-se à leitura de diferentes temáticas de interesse que permitam reduzir o campo de ação e que deem como resultado a temática sobre a qual se investigará.
  • Uma delimitação do assunto. Depois de definir a temática, o autor reconhece algo que não compreende ou lhe resulta interessante no que diz respeito a uma teoria e descobre o eixo de seu ensaio.
  • Pesquisa de informação. O autor investiga tudo o que foi publicado sobre esse tema determinado e recolhe os dados e a informação que necessita para logo refutar ou afirmar suas próprias hipóteses ou conclusões.
  • Organização e seleção de informações. O autor utiliza toda a informação recolhida anteriormente e escolhe qual é a indispensável, qual será descartada e quais serão dados complementares.
  • Elaboração de um esquema. Da informação recolhida se extraem os conceitos mais importantes e se reconhecem as ideias primárias e secundárias. Os dados de interesse e as conclusões extraídas da pesquisasão resumidos numa folha.
  • Elaboração de um rascunho. Define-se a ordem que terá a informação dentro do ensaio e se começa com a redação.
  • Redação do ensaio. A versão final do ensaio é redigida e o conteúdo do projeto pode ser adicionado ou removido. Nesta instância deve-se prestar atenção à correção e à edição do escrito, já que é importante que o ensaio não tenha erros de estilo ou de ortografia e gramática.

As partes de um ensaio científico

Um ensaio científico consiste nos seguintes elementos:

  • Título. É o nome que levará o ensaio científico. É importante que seja original e faça referência ao conteúdo da parte escrita.
  • Introdução. Coloca-se o tema que abordará o ensaio e se formulam as hipóteses ou aquilo que explica o porquê da escolha desse tema.
  • Desenvolvimento. Expõem-se e se desenvolvem as ideias ou dados que comprovam a postura do autor e se informam as bases sobre as quais o autor inicia a pesquisa. As informações e os dados provenientes de fontes certificadas são utilizados no desenvolvimento do ensaio e podem incluir opiniões e pontos de vista do autor (mas sempre devidamente justificadas). O ensaio deve ser uma análise pessoal e original e, no caso de serem citados extratos ou conteúdos de outros autores, deve-se especificar a fonte.
  • Conclusões. São detalhadas as conclusões às quais o autor segue após a pesquisa e análise de informação.
  • Bibliografia. Enumeram-se as fontes de informação usadas no processo de pesquisa e de redação da parte escrita.

Referências

Como citar?

Citar a fonte original da qual extraímos as informações serve para dar crédito aos respectivos autores e evitar cometer plágio. Além disso, permite que os leitores acessem as fontes originais que foram utilizadas em um texto para verificar ou ampliar as informações, caso necessitem.

Para citar de forma adequada, recomendamos o uso das normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que é uma entidade privada, sem fins lucrativos, usada pelas principais instituições acadêmicas e de pesquisa no Brasil para padronizar as produções técnicas.

ETECÉ, Equipo editorial. Ensaio científico. Enciclopédia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/ensaio-cientifico/. Acesso em: 17 julho, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Cristina Zambra

Licenciada em Letras: Português e Literaturas da Língua Portuguesa (UNIJUÍ)

Data da última edição: 6 julho, 2023
Data de publicação: 29 março, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)