Notícia

Vamos explicar o que é uma notícia e como é a sua estrutura. Além disso, quais são as suas características e os tipos de notícias que existem.

Un hombre lee las noticias que se exhiben en la pared.
As notícias dão prioridade a informações pouco conhecidas ou muito recentes.

O que é uma notícia?

Uma notícia é um breve texto jornalístico que reúne informações consideradas de particular interesse ou novidade. Caracteriza-se pelo fato de ser um recorte de uma realidade política, social, econômica ou de qualquer outro tipo de natureza, com a finalidade de relacioná-la, explicá-la ou divulgá-la ao público.

Os critérios para saber o que é e o que não é notícia são diversos, e dependem dos interesses do perfil editorial do meio de comunicação em questão. Normalmente é dada prioridade às informações que são atuais, pouco conhecidas ou que ocorreram recentemente.

Na televisão, rádio e mídia digital (como redes sociais ou plataformas de vídeo), as notícias são um breve segmento informativo, específico da programação. A principal função da notícia é informar o público sobre um acontecimento da atualidade considerado de interesse para um público e para a opinião pública em geral.

Além disso, como outros gêneros jornalísticos, as notícias desempenham um papel importante nas sociedades democráticas ao tornar público o conhecimento de eventos que podem ter impacto na vida das pessoas. Desta forma, permite que os cidadãos estejam atentos ao exercício do poder por parte das autoridades e dos principais atores da vida política nacional.

Algumas características das notícias

A notícia é caracterizada pelo apego aos princípios éticos de veracidade e objetividade; por considerar os critérios temporais da atualidade e a oportunidade do fato noticioso; por submeter-se a certos aspectos formais, tais como a brevidade e a narratividade, assim como por procurar revelar questões de natureza geral, que afetam a vida social ou que geram interesse devido à sua singularidade.

  • É veraz. Um dos princípios das notícias é sua veracidade. O conteúdo não deve ser fictício, fantasioso ou especulativo, mas deve ater-se estritamente à narração ou à explicação do que aconteceu. Além disso, deve ser apoiado por fontes que possibilitem verificar a veracidade do que é relatado.
  • É objetiva. As notícias não devem dar lugar aos sentimentos, considerações ou subjetividade do jornalista, mas devem respeitar objetivamente os fatos. Por esta razão, é necessária uma linguagem o mais próxima possível de uma descrição fiel do que aconteceu.
  • É atual e oportuna. Os eventos noticiosos, para que sejam dignos de notícia, devem ser recentes (se não imediatos) e divulgados em tempo hábil. Uma notícia antiga perde todo o interesse para seu público, pois aborda assuntos que já foram amplamente noticiados por outros meios de comunicação ou se refere a situações que perderam sua relevância.
  • É breve. Espera-se que uma notícia não leve mais tempo do que o necessário para resumir as informações pontualmente, pois não há espaço para digressões, reflexões ou qualquer outro tipo de desenvolvimentos secundários. Isto se aplica a todas as mídias (escrita, áudio ou vídeo).
  • Tem uma forma narrativa. A notícia consiste em uma história que conta um acontecimento com início, enredo e desenlace, por essa razão se diz que tem uma forma narrativa.
  • Sua linguagem é adequada para todos os públicos. A linguagem utilizada em uma notícia deve ser clara e simples, adequada para que qualquer pessoa possa compreender as informações.
  • É de interesse geral. O assunto a ser coberto deve conter informações sensíveis para o público em geral, não para determinadas pessoas. Afinal de contas, um meio de comunicação transmite informações sem discernir quem pode ter acesso a elas.
  • É recente ou inusitada. Os eventos ou acontecimentos referidos na notícia são geralmente recentes e são, devido à sua singularidade, desconhecidos ou incomuns ao público.
  • Impacta sobre a vida das pessoas. O interesse pelas notícias é maior se o fato coberto tem um impacto na vida das pessoas ou está próximo do público-alvo. Isto garante não só maior interesse, mas também maior relevância.

As seis perguntas que uma notícia deve responder

Cada notícia deve conter a resposta a estas seis perguntas básicas que permitem ao público compreender um acontecimento. Por isso, costuma-se construir o lead de uma notícia com o objetivo de fornecer respostas, em um único parágrafo, a uma série de seis perguntas específicas, detalhadas em ordem de importância:

  • O que aconteceu?
  • A quem isso aconteceu?
  • Como aconteceu?
  • Quando aconteceu?
  • Onde aconteceu?
  • Por que isso aconteceu?

Esta última e outra possível pergunta, “Para que aconteceu?”, costumam formar parte do desenvolvimento da notícia.

Partes de uma notícia

A estrutura noticiosa é caracterizada pela pirâmide invertida da hierarquia de informações: ela vai do geral para o específico. Esta estrutura é mantida em todas as notícias, independentemente da mídia pela qual são transmitidas.

Isto implica dividir o texto da notícia em:

  • Título. O título da notícia é o texto mais importante: contém as informações básicas para entender do que se trata a notícia.
  • Lide ou lead (do inglês ). Este é o primeiro parágrafo, onde o título é desenvolvido e as informações noticiosas são resumidas. Desta forma, se for a única coisa lida, dá uma ideia geral do acontecimento. Não pode limitar-se a repetir o título sem fornecer mais informações, deve convidar a continuar lendo.
  • Corpo da notícia. É aqui que se encontra o resto das informações. Dá contexto e ajuda a entender o evento noticioso. Está hierarquizada da seguinte forma:

  • Segundo parágrafo ou parágrafo de apoio. Aqui o conteúdo do lead começa a se desenvolver.
  • Desenvolvimento. Contém o restante dos parágrafos, que se dirigem cada vez mais aos detalhes das informações.
  • Conclusão. Este é o último parágrafo da notícia, onde uma ideia secundária é incluída.

Outros elementos que podem acompanhar a notícia para acrescentar informações, destacar parte dela ou focar em certos aspectos do seu conteúdo são os seguintes:

  • Epígrafe. Aparece antes do título em letras pequenas, para dar uma estrutura alegórica, crítica ou paradoxal à notícia. Não é usada com muita frequência.
  • Antetítulo. Fornece informações em letras pequenas pouco antes do título, para dar um contexto específico, necessário para a interpretação do texto da notícia.
  • Subtítulo. Amplia um pouco no conteúdo da manchete ou da epígrafe, antes da entrada completa na notícia.
  • Subtítulos no corpo do texto. São subtítulos dentro do corpo da notícia. Ajudam a dividir as informações e permitem que os leitores encontrem segmentos específicos de interesse.
  • Destaques. São frases de particular interesse, extraídas do corpo da notícia e destacadas a fim de atrair a atenção do leitor.
  • Fotografias ou infografias. Podem ser incluídas para ilustrar as informações, especialmente quando se trata de eventos. Normalmente incluem uma epígrafe ou uma legenda explicando a imagem.

Tipos de notícias

As notícias podem ser classificadas de acordo com diferentes critérios, como o tratamento dado às informações que apresentam, os assuntos que tratam ou a proximidade geográfica com o acontecimento noticioso.

De acordo com o tratamento das informações

Dependendo da forma como a informação é apresentada e dos procedimentos ou recursos utilizados, as notícias podem ser classificadas da seguinte forma:

  • Notícias imediatas. Relatam um acontecimento recente, muitas vezes ainda em pleno andamento.
  • Notícias do futuro. Anunciam acontecimentos que vão ocorrer em breve e já foram anunciados ou confirmados
  • Notícias cronológicas. Propõem a reelaboração de um conjunto de eventos a partir do momento em que eles aconteceram.
  • Notícias da situação. Tratam de questões sensíveis à comunidade a fim de preparar um relatório sobre a situação do tema, sem exigir novidades ou fatos que acabaram de ocorrer.
  • Notícias complementares. Desenvolvem aspectos não cobertos por notícias prévias ou contemporâneas.
  • Notícias de utilidade pública. Fornece informações úteis e oportunas para a comunidade.
  • Notícias especiais. São motivadas por eventos de grande relevância local ou internacional, cujo caráter transcendente merece uma análise mais detalhada, muitas vezes diária, se for algo prolongado no tempo, como as guerras ou os Jogos Olímpicos, por exemplo.
  • Notícias efemérides. São eventos de interesse social e público baseados em personalidades conhecidas, locais ou universais, ou também eventos comemorativos.
  • Notícias de interesse humano. Relatam informações comoventes, apelando à sensibilização dos leitores, geralmente sobre uma comunidade particularmente fraca.

Conforme o seu tema

As notícias podem ser subdivididas nas seguintes categorias, dependendo do seu assunto:

  • Notícias políticas. Concentram-se em acontecimentos relacionados com o exercício do poder no Estado, atividades governamentais e tomada de decisões em assuntos de interesse público.
  • Notícias econômicas. Acompanham os acontecimentos mais relevantes no mundo das finanças e dos negócios.
  • Notícias sociais. Cobrem eventos ou questões problemáticas que acontecem na vida comunitária.
  • Notícias policiais. Geralmente cobrem eventos relacionados ao crime organizado, delitos e investigações policiais em andamento.
  • Notícias culturais. Cobrem os eventos noticiosos que compõem a vida cultural de um país ou comunidade. Normalmente cobrem eventos culturais, exposições, lançamentos de livros, de discos, etc.
  • Notícias científicas. Cobrem eventos relevantes no campo da ciência e os relatam em um tom informativo.
  • Notícias esportivas. Analisam os eventos esportivos mais importantes dentro de uma sociedade. Geralmente se concentram nos esportes mais populares.
  • Notícias de espetáculo, entretenimento ou de celebridades. Referem-se a eventos importantes no mundo do cinema, da televisão, da moda ou da vida de personalidades de destaque.

Conforme a proximidade geográfica

Dependendo da localização do público-alvo em relação ao local onde o evento ocorre, a notícia pode ser:

  • Notícias locais. Cobrindo histórias da cidade, de um bairro ou assentamento específico, até mesmo de pequenas comunidades.
  • Notícias regionais. Cobrem eventos e histórias que afetam pessoas em regiões ou estados específicos de um país.
  • Notícias nacionais. Cobre os eventos mais importantes da vida política, econômica, social e cultural de um país.
  • Notícias internacionais. Concentra-se em acontecimentos noticiosos relevantes para o mundo, prestando especial atenção àqueles que afetam direta ou indiretamente os habitantes do país a partir do qual a notícia é escrita.

Exemplo de notícia

O seguinte é um exemplo (fictício) de como deve ser escrita e estruturada uma breve notícia. Observe como o antetítulo dá um contexto sobre o acontecimento e o subtítulo especifica alguns fatos importantes, enquanto que o lead contém as informações mais relevantes.

[Antetítulo] Há 10 anos um furacão desta proporção atingiu a ilha.

[Título] Furacão Adam se aproxima do litoral porto-riquenho.

[Subtítulo] A tempestade tropical atingiu a categoria 2 e espera-se que atinja o sul da ilha antes de domingo.

[Lead] O furacão Adam, de categoria 2, começou a aproximar-se do mar do Caribe desde quinta-feira e já está com ventos de mais de 150 quilômetros por hora. De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, espera-se que chegue ao litoral sul da ilha de Porto Rico no domingo.

[Corpo da notícia] As autoridades locais começaram a emitir um alerta meteorológico sobre o furacão desde sexta-feira à noite e evacuaram as áreas litorâneas no sul da ilha.

O governador de Porto Rico indicou que a ilha está preparada para enfrentar a emergência do furacão, mas também fez um chamado à população civil para que permaneça dentro de casa e evite neste fim de semana atividades em áreas ao ar livre, litorâneas ou zonas sujeitas.

Embora a previsão seja de que Adam possa chegar à categoria 3 antes de tocar o solo, muitos porto-riquenhos ainda se lembram das consequências do furacão Harry, que em 2010 afetou vastas áreas da região de Caguas. Dez anos após o evento, ainda não se recuperaram da destruição e dos danos patrimoniais que tiveram.

Com a passagem de Adam sobre Porto Rico, na terceira semana de junho de 2020, começa a temporada de furacões no mar do Caribe.

Como citar?

As citações ou referências aos nossos artigos podem ser usadas de forma livre para pesquisas. Para citarnos, sugerimos utilizar as normas da ABNT NBR 14724:

ETECÉ, Equipo editorial. Notícia. Enciclopedia Humanidades, 2023. Disponível em: https://humanidades.com/br/noticia/. Acesso em: 13 abril, 2024.

Sobre o autor

Traduzido por: Márcia Killmann

Licenciatura em letras (UNISINOS), Doutorado em Letras (Universidad Nacional del Sur)

Data da última edição: 5 julho, 2023
Data de publicação: 5 maio, 2023

Esta informação foi útil para você?

Não

    Genial! Obrigado por nos visitar :)